banner ad
Advertisement

Empatia pode ser a chave para combater fake news sobre vacinas

| 17 de outubro de 2020
Foto: Tânia Rêgo

Comunicação deve ser permanente, dizem especialistas

A pandemia de covid-19 aumentou a disseminação de fake news sobre vacinação. Para combater esse problema, é preciso empatia para entender dúvidas e preocupações do público e simplicidade para responder as perguntas com transparência, avaliam especialistas que participaram hoje (17) da Jornada Nacional de Imunizações.

A vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabela Ballalai, defende que é preciso tratar dos temas que preocupam as pessoas, como os efeitos adversos raros previstos na vacinação.

Isabela Ballalai,vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm)
A vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabela Ballalai, defende que é preciso tratar dos temas que preocupam as pessoas – Reprodução YouTube/SBIm

“Nossa comunicação precisa ser tão empática quanto as fake news. Elas são muito atrativas porque são empáticas. Elas falam a língua das pessoas e sabem o que as pessoas pensam”, disse. “Hoje, o mundo não é mais passivo. As pessoas querem entender melhor e querem ouvir isso com clareza.”

Integrante do grupo consultivo da rede pela segurança das vacinas da Organização Mundial da Saúde (OMS), Isabela Ballalai explica que a comunicação sobre o tema deve ser permanente inclusive para que profissionais de saúde estejam capacitados a não hesitar e a recomendar as vacinas.

“Não tem nada pior do que o profissional de saúde pego de surpresa”, afirma ela, que analisa que as fake news apelam a dois elementos que historicamente despertam o interesse das pessoas: as teorias de conspiração e os rumores sobre supostos segredos. “A desconfiança faz parte de nós. E outra coisa que faz parte de nós é a fofoca. Juntar teoria de conspiração e disse-me-disse é tudo que as fake news estão fazendo”.

Infodemia

A cientista comportamental sênior da Divisão de Imunização Global do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), Neetu Abad, destacou que o mundo vive uma “infodemia”, em que o excesso de informações, incluindo as fake news, estão causando confusão, comportamentos de risco e falta de confiança nas autoridades de saúde durante a pandemia.

“Quando estamos lidando com uma pandemia como a de covid-19, essa confiança nas autoridades de saúde é o principal elemento que precisamos fortalecer. E isso está sendo muito afetado pela disseminação de notícias falsas”, disse Neetu Abad, que explicou que o grupo que recusa totalmente as vacinas é pequeno, mas ponderou que a maior parte das pessoas está em um espectro de aceitação passiva ou hesitação às vacinas, sem demandar por elas.

A OMS já manifestou preocupação sobre a “infodemia” de desinformação, que, segundo o diretor-geral, Tedros Adhanom, “se espalha mais rápido e mais facilmente que o vírus, e é tão perigosa quanto”.

Para Netu, há uma série de estratégias que podem ser aplicadas, mas elas partem de entender as dúvidas e hesitações mais comuns e identificar quem são os disseminadores de desinformação e como eles afetam o comportamento de diferentes grupos populacionais.

“Desinformação é um tópico que estamos todos enfrentando. Se tornou rapidamente um assunto importante durante essa pandemia. Uma das primeiras coisas que tentamos fazer é muita escuta”, disse a cientista sobre o trabalho que vem sendo feito no CDC, que busca entender, prioritariamente, a hesitação dos profissionais de saúde.

“Precisamos entender as preocupações, quais desafios podemos ter e antecipá-los, porque, se não vacinarmos bem nossos profissionais de saúde ou se eles não quiserem se vacinar, vamos ter mais dificuldades com a aceitação do público em geral”.

A pesquisadora recomenda que haja total transparência e clareza em relação aos processos de testagem e cuidados com a segurança das vacinas contra a covid-19, assim como sobre as incertezas ainda envolvidas.

“Precisamos ser muito transparentes com o que sabemos e o que não sabemos. Se tentarmos prometer demais, se tentarmos fazer parecer que não há nenhum problema e que é uma solução milagrosa, vamos ter problemas ao longo do tempo. Vai ser problemático para a confiança”, alertou Neetu Abad, que defendeu que os países precisam estar preparados para investigar e comunicar efeitos adversos. “Prometer demais é uma armadilha que precisamos evitar.”

Fonte: Agência Brasil

Category: Brasil, Destaques, Saúde

Comments are closed.

Educação

MEC determina volta às aulas presenciais a partir de janeiro

MEC determina volta às aulas presenciais a partir de janeiro

A medida vale para as instituições federais de ensino superior O Diário Oficial da União publica, nesta quarta-feira (2), portaria do Ministério da Educação (MEC), determinando que instituições federais de ensino superior voltem às aulas presenciais, a partir de 4 de janeiro de 2021. Para isso, as instituições devem adotar um “protocolo de biossegurança”, definido na Portaria MEC nº […]

| 2 de dezembro de 2020
Atendimento no prédio da reitoria do IFS está suspenso até dia 11

Atendimento no prédio da reitoria do IFS está suspenso até dia 11

O Instituto Federal de Sergipe (IFS) informou nesta segunda-feira, 30, a toda a sua comunidade que o prédio principal da Reitoria, localizado na Av. Jorge Amado, 1551, em Aracaju, estará fechado durante o período de 28 de novembro a 11 de dezembro de 2020. Tal medida, conforme o IFS, está sendo necessária diante da confirmação […]

| 1 de dezembro de 2020
MPF instaura inquérito para apurar a não conclusão no processo de escolha do novo reitor da UFS

MPF instaura inquérito para apurar a não conclusão no processo de escolha do novo reitor da UFS

Órgão ministerial requisitou ao MEC informações urgentes, com prazo de 72 horas O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), instaurou o inquérito civil número 1.35.000.001395/2020-49 para apurar eventual ofensa ao princípio da autonomia universitária no processo de escolha do novo reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Foram […]

| 27 de novembro de 2020

Economia

Banese prorroga contratação de correspondentes bancários no Nordeste

Banese prorroga contratação de correspondentes bancários no Nordeste

O Banese está contratando empresas interessadas em atuarem como correspondentes bancários em todo Nordeste, na modalidade substabelecente. Lançado em outubro, o edital de chamamento seria encerrado dia 25 de novembro, mas foi prorrogado até o dia 28 de dezembro. O Banese pretende ampliar a oportunidade às instituições interessadas em atuarem na estratégia de expansão do […]

| 3 de dezembro de 2020
Petrobras anuncia investimento de US$ 2 bilhões em Sergipe

Petrobras anuncia investimento de US$ 2 bilhões em Sergipe

Plano de investimentos 2021-2025 foi anunciado na última segunda-feira(30), durante evento on-line para investidores autoridades e técnicos da área A exploração das reservas de petróleo e gás em águas profundas do litoral sergipano é um dos projetos confirmados pela Petrobras em seu Plano Estratégico no período 2021-2025, com montante de investimento estimado em US$ 2 […]

| 2 de dezembro de 2020
Confira quem tem direito a receber o décimo terceiro salário

Confira quem tem direito a receber o décimo terceiro salário

Um dos principais benefícios trabalhistas do país, o décimo terceiro salário tem a primeira parcela paga até hoje (30). A partir de amanhã (1º), o empregado com carteira assinada começará a receber a segunda parcela, que deve ser paga até 18 de dezembro. Essas datas valem apenas para os trabalhadores na ativa. Por causa da […]

| 30 de novembro de 2020

Concursos

Concurso da Câmara de Vereadores de Aracaju é adiado pela segunda vez

Concurso da Câmara de Vereadores de Aracaju é adiado pela segunda vez

A Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA) anunciou nesta quinta-feira, 29, o adiamento da aplicação das provas do Concurso Público para provimentos de cargos da Casa Parlamentar. O motivo, conforme nota divulgada à imprensa, é o Decreto Estadual nº 40.688, publicado em 5 de outubro de 2020, no qual prorroga o Estado de Calamidade Pública em […]

| 30 de outubro de 2020
João Eloy anuncia porte de arma e concurso público para a perícia em Sergipe

João Eloy anuncia porte de arma e concurso público para a perícia em Sergipe

O Governo do Estado autorizou a realização de um concurso público para a Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp). Com a autorização, em breve, o trabalho de análises e exames periciais ganhará um importante reforço, que irá contribuir na constante melhoria da segurança pública de Sergipe, que já vem sendo registrada e atestada por entidades nacionais. […]

| 24 de outubro de 2020
Credenciamento de prestadores privados para a realização de mutirão de cirurgias eletivas encerra nesta sexta-feira

Credenciamento de prestadores privados para a realização de mutirão de cirurgias eletivas encerra nesta sexta-feira

Está prevista a contratualização de três mil procedimentos de média complexidade para atender a demanda reprimida que se formou com a suspensão dos serviços eletivos durante a pandemia do novo coronavírus A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que encerra nesta sexta-feira (16), o credenciamento para prestadores privados de serviços de saúde ambulatorial e […]

| 15 de outubro de 2020
banner ad
banner ad