Sergipe tem a 2ª maior taxa de desocupação do país

| 16 de novembro de 2018

Foto: Divulgação

A taxa de desocupação em Sergipe foi de 17,5% no terceiro trimestre de 2018. Apenas o Amapá (18,3%) teve desempenho pior entre as 27 unidades da federação. As menores taxas foram observadas em Santa Catarina (6,2%), Mato Grosso (6,7%) e Mato Grosso do Sul (7,2%). Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C) e foram divulgados hoje pelo IBGE.

Os números apontam um cenário de estabilidade na taxa de desocupação entre o segundo e o terceiro trimestres de 2018. Numericamente, houve uma mudança de 0,7 ponto percentual (de 16,8% no segundo trimestre para 17,5% no terceiro trimestre), mas, estatisticamente, a variação não é significativa. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, porém, o desemprego cresceu. A diferença entre a taxa do terceiro trimestre de 2017 (13,6%) e a taxa atual (17,5%) é de 3,9 pontos percentuais.

Em números absolutos, isso se traduz em 44 mil desempregados a mais em um período de um ano. Sergipe hoje conta com 182 mil pessoas desocupadas. Há um ano eram 139 mil pessoas nessa condição. O contingente de pessoas sem emprego subiu 31,5% em doze meses.

A série histórica da PNAD-C, que teve início no primeiro trimestre de 2012, indica que a taxa de desocupação atual é recorde no estado de Sergipe. No terceiro trimestre de 2015, isto é, há cerca de três anos, Sergipe teria o seu melhor resultado na série histórica, com um desemprego de 8,6%. Hoje, portanto, o percentual é mais que o dobro do que foi observado no mesmo trimestre de 2015. Em números absolutos, são 94 mil pessoas a mais (de 88 mil em 2015 para 182 mil em 2018) em situação de desemprego.

Esse cenário levou Sergipe a estar entre os cinco estados com maiores taxas de desocupação em todos os trimestres de 2018. No terceiro trimestre, o estado apresentou o segundo pior desempenho, algo inédito. Taxas de desocupação acima da média nacional são muito comuns nos estados do Nordeste, a região com os maiores percentuais de desempregados no Brasil. Dos cinco estados com maiores taxas de desemprego no terceiro trimestre de 2018, quatro deles estão na região Nordeste.

Entre as chamadas regiões metropolitanas, a Grande Aracaju também teve a segunda maior taxa de desocupação do Brasil. A Região Metropolitana (RM) de Aracaju é composta pelos municípios de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros. Juntos, os quatro municípios somam quase 950 mil pessoas, o que corresponde a mais de 40% da população sergipana. A taxa de desocupação combinada dos quatro municípios ficou em 18,6% para o terceiro trimestre de 2018, atrás apenas da RM de Recife (18,7%), e logo à frente das RMs de Maceió (18,2%), Salvador (18,1%) e Macapá (17,6%).

Considerando apenas o município da capital, Aracaju (16,9%) ocupou a terceira posição entre as 27 capitais brasileiras. Com cerca de 650 mil pessoas, Aracaju responde por mais de 28% da população sergipana. Manaus, capital do Amazonas, teve a maior taxa de desocupação (17,4%), seguida de Maceió (17,2%). Recife (16,5%) e Salvador (16,1%) completam o ranking das cinco capitais com maiores percentuais de desempregados.

Desocupação é maior entre mulheres

O desemprego é maior entre mulheres do que entre homens em todos os trimestres da série histórica da PNAD-C. No trimestre atual, para mulheres, a taxa de desocupação era de 19,0%, enquanto para os homens a taxa estava em 16,3%. Em termos percentuais, o desemprego na população feminina era 16,6% mais elevado que o desemprego na população masculina

Entre os mais jovens, desocupação ultrapassa os 35%

Tradicionalmente, as pessoas em grupos etários iniciais têm mais dificuldade em ingressar no mercado de trabalho. Em Sergipe, essa dificuldade se traduz em números bastante expressivos: o desemprego entre as pessoas com 14 a 17 anos de idade chegou a 39,2% no terceiro trimestre de 2018. No grupo etário seguinte, de 18 a 24 anos de idade, a desocupação atingiu 37,6%. Nos dois casos, esses são os valores mais altos da série histórica da PNAD-C.

Entre pretos e pardos, desocupação é 50% mais elevada do que entre brancos

Considerando a resposta dos entrevistados para o quesito cor ou raça, percebe-se que as taxas de desemprego para a população preta ou parda é significativamente maior do que para a população branca. Para as pessoas que declararam cor ou raça branca, o desemprego no terceiro trimestre de 2018 ficou em 12,1%. Entre as pessoas pardas, a desocupação sobe para 18,5%, isto é, cerca de 52,9% mais elevada do que a taxa de desocupação para brancos. Já entre os que declararam cor ou raça preta, a taxa de desocupação é ainda mais alta, ficando em 20,6%, algo em torno de 70,2% acima da desocupação para a população branca.

Desocupação só não aumentou entre os que possuem ensino superior completo

Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, a desocupação só não teve alta entre as pessoas com diploma universitário. Nesse grupo, o desemprego fica em um dígito (7,5%). Por outro lado, entre as pessoas que iniciaram mas não concluíram o ensino médio o desemprego chegou a 27,6% no terceiro trimestre de 2018.

Fonte: IBGE

Tags: ,

Category: Economia

Comments are closed.

Educação

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

O Projeto Somos chega, em 2019, ao terceiro ano de sua execução com a conclusão da entrega dos tablets educacionais que servem de acesso à plataforma Synapse, tecnologia social utilizada como base do projeto. Lançado pelo governo de Sergipe em agosto de 2016, o Somos é uma estratégia que visa contribuir para a melhoria da qualidade do […]

| 8 de abril de 2019
Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Novo modelo de ensino será implementado nas escolas do país até 2021 O novo ensino médio terá formação mais voltada para o empreendedorismo, a investigação científica, os processos criativos e a mediação e intervenção sociocultural. Estes são os eixos que vão orientar os chamados itinerários formativos, ou seja, as atividades que os estudantes poderão escolher. […]

| 8 de abril de 2019
Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Neste sábado, 6, o Curso Pré-Universitário da Seduc (Preuni), por intermédio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), inicia a primeira revisão preparatória para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sobre Matemática Básica e Atualidades e Redação. A aula é aberta ao público e acontecerá no auditório da Universidade Mauricio de Nassau (Uninassau), […]

| 5 de abril de 2019

Economia

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (9) que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição. “Daqui a dois anos, o botijão de gás vai […]

| 10 de abril de 2019
Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

A bandeira tarifária em abril de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Abril é um mês de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica projetada para o mês ainda indica a tendência verificada em março, de recuperação do nível dos reservatórios. […]

| 30 de março de 2019
Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Fisco espera 30,5 milhões de formulários neste ano Mais de 7 milhões de contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em três semanas. Até as 17h de hoje (28), a Federal recebeu 7.157.062 declarações, equivalente a 23,46% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou no último dia 7 e […]

| 29 de março de 2019

Concursos

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Nesta segunda-feira (1º), 17 concursos abrem inscrições com o objetivo de contratar mais de 1,1 mil profissionais. As oportunidades são para pessoas de todos os níveis de escolaridade, com postos de trabalho em 9 estados (Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e São Paulo). […]

| 31 de março de 2019
Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) informa que lançou a 12ª lista do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Os convocados deverão se apresentar no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, na avenida Augusto Franco, até às 16h. O candidato que não conseguir por algum motivo se apresentar no horário previsto, determinado pelo calendário, poderá se apresentar […]

| 27 de março de 2019
Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade; os salários chegam a R$ 22.158,82 na Defensoria Pública de Minas Gerais. Pelo menos 13 órgãos públicos abrem as inscrições nesta segunda-feira (25) para cerca de 580 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São João do Caru, no Maranhão, são […]

| 24 de março de 2019
banner ad
banner ad