SEFAZ apresenta metas fiscais do 2º quadrimestre de 2018

| 5 de dezembro de 2018

Foto: Jadilson Simões

O secretário de Estado da Fazenda, Ademário Alves, esteve na manhã desta terça-feira, 5, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) para apresentar a avaliação do cumprimento das metas fiscais do 2º Quadrimestre de 2018. A apresentação do orçamento é um atendimento ao cumprimento das metas fiscais do 2º quadrimestre de 2018, regido pelo  artigo 9º, parágrafo 4º da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Secretário  fez um comparativo da composição percentual da Receita Total do Estado entre os anos de 2017 e 2018, sendo total de receitas de R$5.367,8  e de R$ 5.691,8  milhões, respectivamente. Totalizando, em 2018, um acréscimo de receita no valor de 6%  à mais que no ano passado. Quanto às despesas,  no ano de 2017, dados apresentados apontam que  o Estado alcançou o montante de R$ 5.255,5 milhões, uma diferença de 5% acima deste ano, que bateu a cifra de R$ 5.529,3 milhões.

Melhoria na arrecadação

Segundo explicou  o secretário da fazenda, mediante dados apresentados no plenário legislativo, houve uma ligeira melhoria na arrecadação, nos meses de junho em diante.  “Isso aliado a medidas de contenção de gastos com despesas, vem possibilitando que o  Estado mantenha  a pontualidade do pagamento da folha, ao menos uma pontualidade de não modificar o que está sendo hoje que é 70%  da folha dentro do mês  até o dia 12 do mês subsequente. E, também, essas medias tendem possibilitar encerrar o exercício com volume bem menor dos restos a pagar se comparado ao exercício do ano de 2017”, salientou.

2018 em déficit

O cenário  para o ano de 2018 é muito desafiador, alertou o secretário. Segundo ele, as finanças do Estado ainda será  difícil para o ano que vem. ” Para o ano que vem é o déficit é de R$ 400 milhões de reais.  E algumas medidas mais duras precisam ser tomadas agora ainda nesse final do ano para início do ano de 2019.

Secretário Ademário Alves disse que dentro das medidas necessária que geraram melhorias está a Reforma da Previdência, em nível Federal. “Do ponto de vista na Reforma da Previdência, nacional,  vamos ver o que faremos no Estado.  Os deputados Estaduais, Georgeo Passos da REDE,  Ana Lula (PT),   Luciano Pimentel (PSB)  e Moritos Mattos da Rede, requereram algumas explicações    do secretário questões diversas, entre essas, IpesSaúde, Educação e a  Reforma Administrativa.

Sobre o Ipes Saúde, pergunta do deputado Georgeo Passos, admite o secretário que há um débito do Estado com o órgão, e enfatiza que irá buscar um equilíbrio financeiro.  “Tenho uma audiência já marcada com o presidente do órgão para fazer um casamento, colocar o que o Ipes tem em  seu orçamento passivo com o que temos  lá, efetivamente previsto no nosso controle”, explicou.

O fato é que Ipes vem enfrentado dificuldades, e o Estado tem feito esforços para manter de forma regular os repasses, mas o Ipes tem passivos de anos anteriores, e você  acaba regularizando débitos de anos anteriores mas não consegue zerar todos os débitos que o Ipes tem”, justificou o secretário, ano longo do ano pretendemos colocar em dias.

Sobre a Petrobrás, secretário abordou que com a aprovação pela Alese do O Refis –  que  concedeu desconto de 90% de multa em juros de dívidas de Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) –  lei vigente possibilitou ganhos positivos para o governo também. “Valor do Refiz somado do ao Sergipe Previdência, não atrasará salários. Não fossem essas receitas o  Estado não teria conseguido manter o pagamento dos salários”, garantiu Ademário .

Sobre as Despesas de Custeio, secretário ressaltou que no ano de 2018 secretaria fez esforço significativo para reduzir as despesas de custeio. “Efetivamente a  gente deve conseguir um controle real da despesas de custeio, no ano de 2018, contudo há um  crescimento ainda, na despesa com pessoal, por conta dos crescimentos constitucionais e vegetativos  e isso pressiona o orçamento do Estado, apesar do esforço de aumento de arrecadação feito  ao longo de 2018. Apesar de segundo semestre não ter encerrado, conseguimos um aumento de 8% da receita própria de ICMS e isso deu uma contribuição pra que agente amenizasse  um pouco o déficit um previsto para 2018, que era de  cerca de 600 milhões. Explicou ainda o secretário que esse crescimento na  arrecadação, somado ao ligeiro controle das despesas deu pra que  Estado  conseguisse reduzir despesas, e assim,  fechar o exercício numa situação um pouco menos complicada do que foi o encerramento de 2017.

Dentre as despesas de custeio, citou locação  e manutenção de veículos,  assistência social, serviços de vigilância, entre outros. “Do ponto de vista de despesas com a  folha, há mais dificuldade  por conta dos crescimentos constitucionais previstos”, explicou reduções.

Reforma Administrativa

Quanto a reforma administrativa, anunciada pelo Governo do Estado essa semana, disse que Estado está fazendo esforços com essa medida, que traz melhor racionalidade melhor ao Estado. “Reforma irá proporcionar uma economia de cerca de 10 milhões por ano. Ainda, com o controle de cargos de comissões, anunciada extinções, deve trazer também uma economia significativa”, avaliou

Ademário ressaltou ainda que irá revisar orçamentos das secretarias para poder fazer novos controles. “Há  melhoria  na eficiência da arrecadação mas ela não é a principal solução. A reforma na previdência é a principal solução, mas medida irá requer  mudanças de legislação. Vamos observar essa mudanças a nível federal, para tomarmos medidas em Sergipe”, pontuou, ressaltando que para o exercício de 2019 há um déficit de mais de 400 milhões. É essa a dividas do estado,  e não conseguiremos com resolver essa situação com apenas a redução de custeio. E a principal seria na previdência”, avaliou o secretário de Finanças do Estado.

Por Stephanie Macêdo 

Foto: jadilson Simões

Tags: ,

Category: Economia

Comments are closed.

Educação

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

O Projeto Somos chega, em 2019, ao terceiro ano de sua execução com a conclusão da entrega dos tablets educacionais que servem de acesso à plataforma Synapse, tecnologia social utilizada como base do projeto. Lançado pelo governo de Sergipe em agosto de 2016, o Somos é uma estratégia que visa contribuir para a melhoria da qualidade do […]

| 8 de abril de 2019
Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Novo modelo de ensino será implementado nas escolas do país até 2021 O novo ensino médio terá formação mais voltada para o empreendedorismo, a investigação científica, os processos criativos e a mediação e intervenção sociocultural. Estes são os eixos que vão orientar os chamados itinerários formativos, ou seja, as atividades que os estudantes poderão escolher. […]

| 8 de abril de 2019
Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Neste sábado, 6, o Curso Pré-Universitário da Seduc (Preuni), por intermédio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), inicia a primeira revisão preparatória para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sobre Matemática Básica e Atualidades e Redação. A aula é aberta ao público e acontecerá no auditório da Universidade Mauricio de Nassau (Uninassau), […]

| 5 de abril de 2019

Economia

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (9) que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição. “Daqui a dois anos, o botijão de gás vai […]

| 10 de abril de 2019
Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

A bandeira tarifária em abril de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Abril é um mês de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica projetada para o mês ainda indica a tendência verificada em março, de recuperação do nível dos reservatórios. […]

| 30 de março de 2019
Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Fisco espera 30,5 milhões de formulários neste ano Mais de 7 milhões de contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em três semanas. Até as 17h de hoje (28), a Federal recebeu 7.157.062 declarações, equivalente a 23,46% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou no último dia 7 e […]

| 29 de março de 2019

Concursos

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Nesta segunda-feira (1º), 17 concursos abrem inscrições com o objetivo de contratar mais de 1,1 mil profissionais. As oportunidades são para pessoas de todos os níveis de escolaridade, com postos de trabalho em 9 estados (Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e São Paulo). […]

| 31 de março de 2019
Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) informa que lançou a 12ª lista do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Os convocados deverão se apresentar no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, na avenida Augusto Franco, até às 16h. O candidato que não conseguir por algum motivo se apresentar no horário previsto, determinado pelo calendário, poderá se apresentar […]

| 27 de março de 2019
Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade; os salários chegam a R$ 22.158,82 na Defensoria Pública de Minas Gerais. Pelo menos 13 órgãos públicos abrem as inscrições nesta segunda-feira (25) para cerca de 580 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São João do Caru, no Maranhão, são […]

| 24 de março de 2019
banner ad
banner ad