Moro defende que Congresso aprove “logo” a prisão em segunda instância

| 4 de dezembro de 2019
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ministro do STJ diz que não se pode alterar Artigo 5 da Constituição

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, voltou a defender, nesta quarta-feira (4), a prisão de réus condenados em segunda instância. Ao participar de uma audiência pública sobre o tema na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, Moro citou exemplos recentes de criminosos postos em liberdade a partir do entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a prisão só pode ocorrer quando não houver mais possibilidade de recursos.

Na avaliação do ministro, para não estimular a impunidade, o ideal seria que o Congresso aprovasse “logo” a prisão após condenação em segunda instância. “Na perspectiva da Justiça e da segurança pública, quanto antes, melhor, porque se remedia um problema que gera impunidade”.

Ainda segundo Sergio Moro, é absolutamente compatível com a presunção da inocência que uma condenação em segunda instância possa ser, de imediato, executada. Nesse sentido, ele citou países como Estados Unidos e França, “berços históricos da presunção da inocência”, como exemplos a serem seguidos em relação à execução das penas. “Estados Unidos e França, com duas tradições jurídicas diferentes, em ambos os países a execução se dá, como regra, após a condenação em primeira instância. Nem é em segunda instância”, disse.

Propostas

A Câmara dos Deputados e o Senado têm propostas diferentes para disciplinar a questão. Os deputados defendem que, em nome da segurança jurídica da norma, o melhor instrumento seria uma proposta de emenda à Constituição (PEC). Já os senadores chegaram a defender um projeto de lei que altera do Código de Processo Penal (CPP) para estabelecer a prisão em segunda instância. Para os senadores, essa seria uma maneira mais rápida e fácil de avançar na proposta, mas depois da pressão dos deputados, a maioria dos líderes concordaram em apoiar a PEC, já aprovada pela CCJ da Câmara.

Para Sergio Moro os dois instrumentos não são excludentes e qualquer um que seja adotado é válido. “O que eu analiso, objetivamente, é que cinco ministros [do STF] votaram no sentido de que a execução já era viável sem alteração na Constituição e na lei. O ministro que votou e formou maioria, o presidente [do Supremo] Dias Toffoli, ressaltou, expressamente, em seu voto, que a modificação da lei seria suficiente. Então, acho que há um espaço para modificar via lei. Agora, se pode fazer os dois, via lei ou Constituição, não existe necessidade de fazer opção. Os dois são válidos”, defendeu.

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral começa a julgar a ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer nas eleições de 2014. O ministro Herman Benjamin, relator do caso, apresenta seu parecer sobre o assunto (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Ministro Herman Benjamin, do STJ, é crítico da prisão em segunda instância – Arquivo/Agência Brasil

STJ

Também convidado para a audiência pública, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Herman Benjamin criticou a PEC da prisão em segunda instância em debate na Câmara. Para o ministro, o Artigo 5 da Constituição Federal deve ser preservado na sua totalidade. “Quem mexe nesse artigo está abrindo possibilidade para mexer em outros temas. O Artigo 5, a meu juízo, só pode ser alterado para acrescentar direitos. A simples impressão de que algum direito esteja sendo retirado recomenda que evitemos esse percurso”, afirmou.

Ainda segundo Herman Benjamin, o tema está fulanizado. “Não precisamos citar nomes aqui. Esse debate é associado a algumas pessoas específicas”, disse.

O ministro do STJ criticou as condições das penitenciárias brasileiras, que, para ele, são “verdadeiras masmorras”.

“A dignidade da pessoa humana não chega nem no portão. No entanto, esse drama carcerário não deve interferir no debate que nós estamos tendo aqui. O debate aqui é para retirar os que estão na cadeia e não deveriam estar lá. A esmagadora maioria dos que estão presos hoje está lá por prisões provisórias”, destacou.

Por Agência Brasil

Tags: ,

Category: Brasil, Destaques

Comments are closed.

Educação

Projeto do Executivo institui Programa Estadual do Transporte Escolar

Projeto do Executivo institui Programa Estadual do Transporte Escolar

O Governo do Estado encaminhou para a apreciação e votação dos deputados estaduais o projeto de lei que institui o Programa Estadual do Transporte Escolar (PETE/SE), com o objetivo de transferir recursos financeiros diretamente aos Municípios que realizem, nas suas respectivas áreas de circunscrição, o transporte escolar de alunos matriculados na Rede Estadual de Ensino, […]

| 5 de dezembro de 2019
Professores e professoras deliberam fim da greve e desocupam a Alese

Professores e professoras deliberam fim da greve e desocupam a Alese

A resistência, a força e a luta fez desta greve dos professores e professoras da rede estadual vitoriosa. A categoria está com suas atividades paralisadas desde o dia 26 de novembro. A partir da greve e da ocupação da Assembleia Legislativa, os professores e professoras conseguiram manter o direto ao triênio; o direito às incorporações das […]

| 4 de dezembro de 2019
2% dos alunos brasileiros têm nota máxima em avaliação internacional

2% dos alunos brasileiros têm nota máxima em avaliação internacional

Pisa 2018 foi aplicado em 79 países a 600 mil estudantes de 15 anos O Brasil teve uma leve melhora nas pontuações de leitura, matemática e ciências no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), mas apenas dois a cada 100 estudantes atingiram os melhores desempenhos em pelo menos uma das disciplinas avaliadas. Os resultados […]

| 3 de dezembro de 2019

Economia

INSS cancelou 261 mil benefícios irregulares em 2019

INSS cancelou 261 mil benefícios irregulares em 2019

Apuração de benefícios pagos pelo Instituo Nacional de Seguridade Social (INSS) verificou indícios de fraude e irregularidades em 261 mil aposentadorias e pensões. A economia estimada com o fim do pagamento desses benefícios é de R$ 336 milhões por mês ou R$ 4,3 bilhões por ano. Segundo nota do INSS, “os motivos de pagamento irregular […]

| 5 de dezembro de 2019
Azul inicia dois novos voos para Sergipe em dezembro

Azul inicia dois novos voos para Sergipe em dezembro

Medida vai proporcionar aumento de fluxo turístico para o estado No período de aquecimento do setor turístico, com a maior procura por voos com destino a Sergipe, o Aeroporto Internacional Santa Maria, em Aracaju, ganha mais dois novos voos nacionais no mês de dezembro. Origem e destino dos novos vôos são os Aeroportos Internacionais de Campinas […]

| 4 de dezembro de 2019
Petrobrás inicia divulgação para venda de sua parte nos campos da bacia Sergipe-Alagoas

Petrobrás inicia divulgação para venda de sua parte nos campos da bacia Sergipe-Alagoas

A Petrobras iniciou nesta segunda-feira (2) a etapa de divulgação da oportunidade referente à venda de sua participação nos campos terrestres de Dó-Ré-Mi e Rabo Branco, localizados na Bacia de Sergipe-Alagoas. De acordo com a companhia, as principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado. As principais informações sobre a oportunidade, bem como […]

| 3 de dezembro de 2019

Concursos

Concursos: 14 órgãos abrem inscrições nesta segunda para mais de 2,8 mil vagas

Concursos: 14 órgãos abrem inscrições nesta segunda para mais de 2,8 mil vagas

Pelo menos 14 concursos públicos abrem inscrições nesta segunda-feira (11) no país para preencher mais de 2,8 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com oportunidades em x estados. Além das vagas abertas para preenchimento imediato, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados […]

| 10 de novembro de 2019
Prefeitura de Cristinápolis abre concurso público para mais de 200 vagas

Prefeitura de Cristinápolis abre concurso público para mais de 200 vagas

Estão abertas as inscrições do Concurso Público e dos Processos Seletivos Simplificados da Prefeitura de Cristinápolis/SE. Os certames realizados pela Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – Fundatec oferecem 220 vagas e formação de cadastros de reserva. As oportunidades são para diversos cargos, nos níveis de escolaridade Superior, Técnico, Médio e Fundamental Completos e […]

| 5 de novembro de 2019
Mais de 13 mil candidatos já se inscreveram nos PSSs da Saúde

Mais de 13 mil candidatos já se inscreveram nos PSSs da Saúde

Os aprovados nos processos seletivos irão exercer suas funções nas unidades da Rede Hospitalar de Saúde, mas conforme informou o diretor de Recursos Humanos, no ato da inscrição os candidatos podem indicar em qual unidade gostariam de ser lotados. Já são 13.174 candidatos interessados nas 1.232 vagas oferecidas em três Processos Seletivos  Simplificados (PSSs) abertos […]

| 16 de outubro de 2019
banner ad
banner ad