Saiba quais doenças voltaram a ameaçar o Brasil

| 10 de julho de 2018

Saúde alerta que as baixas coberturas vacinais acendem a luz vermelha

Os primeiros sinais de queda nas coberturas vacinais em todo o país começaram a aparecer ainda em 2016. De lá para cá, doenças já erradicadas voltaram a ser motivo de preocupação entre autoridades sanitárias e profissionais de saúde. Amazonas, Roraima, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro são alguns dos estados que já confirmaram casos de sarampo este ano. Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) o certificado de eliminação da circulação do vírus.

Dados do Ministério da Saúde mostram que a aplicação de todas as vacinas do calendário adulto está abaixo da meta no Brasil – incluindo a dose que protege contra o sarampo. Entre as crianças, a situação não é muito diferente – em 2017, apenas a BCG, que protege contra a tuberculose e é aplicada ainda na maternidade, atingia a meta de 90% de imunização. Em 312 municípios, menos de 50% das crianças foram vacinadas contra a poliomielite. Apesar de erradicada no país desde 1990, a doença ainda é endêmica em três países – Nigéria, Afeganistão e Paquistão.

O grupo de doenças pode voltar a circular no Brasil caso a cobertura vacinal, sobretudo entre crianças, não aumente. O alerta é da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim), que defende uma taxa de imunização de 95% do público-alvo. O próprio Ministério da Saúde, por meio de comunicado, destacou que as baixas coberturas vacinais identificadas em todo o país acendem o que chamou de “luz vermelha”.

Confira as principais doenças que ensaiam um retorno ao Brasil caso as taxas de vacinação não sejam ampliadas.

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa. Complicações infecciosas contribuem para a gravidade do quadro, particularmente em crianças desnutridas e menores de um 1 ano de idade.

Os sintomas incluem febre alta acima de 38,5°C; erupções na pele; tosse; coriza; conjuntivite; e manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, conhecidas como sinais de Koplik e que antecedem de um a dois dias antes do aparecimento da erupção cutânea.

A transmissão do sarampo acontece de quatro a seis dias antes e até quatro dias após o aparecimento do exantema (erupção cutânea). O período de maior transmissibilidade ocorre dois dias antes e dois dias após o início da erupção cutânea.

Poliomielite

Causada por um vírus que vive no intestino, o poliovírus, a poliomielite geralmente atinge crianças com menos de 4 anos de idade, mas também pode contaminar adultos.

A maior parte das infecções apresenta poucos sintomas e há semelhanças com as infecções respiratórias como febre e dor de garganta, além das gastrointestinais, náusea, vômito e prisão de ventre.

Cerca de 1% dos infectados pelo vírus pode desenvolver a forma paralítica da doença, que pode causar sequelas permanentes, insuficiência respiratória e, em alguns casos, levar à morte.

Rubéola

A rubéola é uma doença aguda, de alta contagiosidade, transmitida pelo vírus do gênero Rubivirus. A doença também é conhecida como sarampo alemão.

No campo das doenças infectocontagiosas, a importância epidemiológica da rubéola está associada à síndrome da rubéola congênita, que atinge o feto ou o recém-nascido cujas mães se infectaram durante a gestação. A infecção na gravidez acarreta inúmeras complicações para a mãe, como aborto e natimorto (feto expulso morto) e para os recém-nascidos, como surdez, malformações cardíacas e lesões oculares.

Os sintomas da rubéola incluem febre baixa e inchaço dos nódulos linfáticos, acompanhados de exantema. A transmissão acontece de pessoa para pessoa, por meio das secreções expelidas pelo doente ao tossir, respirar, falar ou respirar.

Difteria

Doença transmissível aguda causada por bacilo que frequentemente se aloja nas amígdalas, na faringe, na laringe, no nariz e, ocasionalmente, em outras mucosas e na pele. A presença de placas branco-acinzentadas, aderentes, que se instalam nas amígdalas e invadem estruturas vizinhas é a manifestação clínica típica da difteria.

A transmissão acontece ao falar, tossir, espirrar ou por lesões na pele. Portanto, pelo contato direto com a pessoa doente. O período de incubação da difteria é, em geral, de um a seis dias, podendo ser mais longo. Já o período de transmissibilidade dura, em média, até duas semanas após o início dos sintomas.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas

SES alerta que quarto caso de sarampo em Sergipe n... Foto: Flávia Pacheco A Secretaria de Estado da Saúde, através da coordenação da Vigilância Epidemiológica, informa que quarto caso de sarampo no est...
Hospital Universitário faz pequeno mutirão para ci... O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está realizand...
Tomógrafo do Hospital Regional de Itabaiana já est... O aparelho foi adquirido pelo Governo do Estado (Foto: Flávia Pacheco) Exatidão no diagnóstico, maior resolutividade no tratamento e fim da transfer...
Sábado de Vacinação em Sergipe: Última chamada par... Campanha encerra na sexta-feira (31), mas o Ministério da Saúde orienta estados e municípios, que não atingiram a meta, a abrir os postos de vacinação...
Ministério da Saúde restabelece repasse de custeio...  Foto: Flávia Pacheco O Ministério da Saúde acaba de restabelecer a transferência de recursos financeiros para o custeio mensal de três viaturas do ...

Tags: ,

Category: Saúde

Comments are closed.

Educação

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Dentre as áreas priorizadas pela administração do prefeito Edvaldo Nogueira, uma delas, em particular, vem recebendo um carinho especial da gestão nestes seus primeiros 21 meses. Trata-se da Educação, tema referido pela quase totalidade dos gestores, mas, de fato, executado por poucos. Frente ao cenário de abandono encontrado, a administração municipal colocou em prática um […]

| 12 de setembro de 2018
Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Os índices do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Educação, revelam que o estado de Sergipe, apesar de apresentar uma pequena progressão em alguns itens entre 2015 e 2017, continua abaixo da média nacional. O sistema avaliou entre 23 de outubro e 3 de novembro de 2017 mais de […]

| 31 de agosto de 2018
Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

O Centro Estadual de Educação Profissional José Figueiredo Barreto, em Aracaju, está com as inscrições abertas para os cursos técnicos em Serviços de Condomínio, Serviços de Restaurante e Bar, Redes de Computadores, na forma subsequente (ensino médio concluído). As inscrições vão até o dia 17 de agosto, devendo ser feitas na sede da unidade de […]

| 15 de agosto de 2018

Economia

Pessoas com até 60 anos têm até o dia 28 para sacar o PIS

Pessoas com até 60 anos têm até o dia 28 para sacar o PIS

Cerca de 4,5 milhões de pessoas nessa faixa etária ainda não resgataram o benefício. Cotistas do PIS com menos de 60 anos têm até o dia 28 para sacar o benefício. Têm direito os trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988 que ainda não sacaram o saldo total de […]

| 19 de setembro de 2018
Gasolina tem novo aumento em menos de 24 horas e bate recorde

Gasolina tem novo aumento em menos de 24 horas e bate recorde

Em Aracaju, o litro beira R$ 5 em alguns postos; grande parte do preço final é de impostos O reajuste de 1,02% no preço médio do litro da gasolina anunciado na quarta-feira (12) pela Petrobras mal chegou às bombas e a estatal já divulgou um novo aumento. Nesta quinta-feira (13), a Petrobras informou que elevou em […]

| 14 de setembro de 2018
Em dois meses, preço de massas e pães subiu 10% no país

Em dois meses, preço de massas e pães subiu 10% no país

Desvalorização do real e cotação internacional do trigo explicam alta Desde julho, os preços de produtos à base de trigo, como massas alimentícias, pães e biscoitos, além da própria farinha de trigo, já aumentaram em até 10%, segundo estimativas de entidades que representam a indústria do setor no país. O percentual representa cerca de 40 vezes […]

| 14 de setembro de 2018

Concursos

Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) retificou e considerou como resultado final, a relação dos candidatos habilitados, referente ao edital nº 07/2018 para o I Concurso Público visando o provimento de cargos efetivos do quadro de pessoal da Alese. O concurso foi publicado no Diário Oficial do Estado, edição nº […]

| 10 de setembro de 2018
Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Por decisão judicial os classificados para a segunda fase do concurso de soldado da Polícia Militar de Sergipe realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), vão fazer normalmente o Teste de Aptidão Física (TAF) marcado para os dias 02, 03 e 04 de setembro pelo Instituto Brasileiro de […]

| 31 de agosto de 2018
Divulgado resultado final do PSS para Recepcionista da Saúde

Divulgado resultado final do PSS para Recepcionista da Saúde

A Prefeitura de Aracaju divulgou nesta quinta-feira, 26, no Diário Oficial, o resultado final do Processo Seletivo Público Simplificado (PSS) para a contratação de 65 profissionais, mais cadastro reserva, que deverão atuar como recepcionistas de Unidades de Saúde da capital. O PSS para recepcionista da Saúde foi lançado em maio deste ano, e esta foi […]

| 28 de julho de 2018
banner ad
banner ad