Moradores decidirão futuro de distritos atingidos pela lama em Mariana

| 6 de novembro de 2018

Distrito de Barra Longa. A comunidade foi parcialmente encoberta pela lama que chegou pelo rio Gualaxo do Norte.Na foto a igreja da cidade, atingida pela lama e atualmente interditada.

Os antigos moradores dos distritos atingidos pelo desastre ambiental em Mariana (MG) se dividem entre a tristeza e a sensação de pertencimento ao visitarem os locais da tragédia.

José do Nascimento de Jesus, conhecido como Zezinho do Bento, diz que só vai quando há necessidade. “Me recorda muito. É muito difícil ficar relembrando como era Bento Rodrigues”. Já Romeu Geraldo de Oliveira diz que, em Paracatu, ele está de fato em seu lugar. “Eu me sinto outra pessoa, mesmo vendo tudo destruído. Eu vou na minha casa e passa um filme na minha cabeça”, diz.

Mesmo após o reassentamento nos distritos reconstruídos, previsto para começar em 2020, os atingidos manterão a propriedade dos antigos terrenos, mas o que será feito do local onde um dia eles moraram ainda será debatido com a prefeitura e com o Conselho do Patrimônio de Mariana (Compat). As comunidades devastadas de Bento Rodrigues e Paracatu, atualmente, estão interditadas pela Defesa Civil. O acesso só é permitido com autorização. Os atingidos têm passe livre.

José dos Nascimento de Jesus, conhecido como Zezinho do Bento, presidente da Assciação Comunitária de Bento Rodrigues, no canteiro de obras da nova Bento Rodrigues.

A Fundação Renova, criada para gerir o processo de reassentamento e as demais ações de reparação dos danos causados na tragédia, chegou a avaliar a possibilidade de estabelecer uma permuta entre os terrenos novos e antigos. O promotor do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Guilherme Meneghin, diz que já foi firmado um acordo judicial que afasta qualquer receio desta natureza.

“O fato do atingido receber um terreno no reassentamento não quer dizer que ele abre mão do terreno original, ainda que esteja em ruínas. Ele vai ser dono de duas propriedades. E quem vai decidir o que vai ser feito no antigo distrito são os próprios proprietários, junto com o município”, diz o promotor.

Há uma ideia, ainda incipiente, de se fazer um memorial no local, mas não há uma definição clara do que isso significa. Desde 2016, o Compat, que é composto por representantes da sociedade civil, dá andamento a um processo de tombamento. As prioridades dos atingidos – o reassentamento e a indenização – deixam a questão em segundo plano.

Até o momento, foram tombadas a Igreja de Nossa Senhora das Mercês, em Bento Rodrigues, e a Igreja de Santo Antônio, em Paracatu. “No caso das igrejas, temos apenas um proprietário a ser notificado, que é a Arquidiocese de Mariana. Para tombar um distrito inteiro, é um processo mais complexo que precisa de muita discussão. Demanda um inventário que relacione o que foi destruído, o que remanesceu. E precisa discutir o destino. Isso está caminhando”, conta Ana Cristina de Souza Maia, presidente do Compat.

De acordo com ela, mestrandos da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), coordenados pelo professor Leonardo Castriota, apresentaram uma proposta de tombamento. Além disso, a empresa Pólen, contratada pela comissão dos atingidos, fez um inventário dos bens culturais que existiam nos distritos. Também há um levantamento do patrimônio cultural realizado pela Fundação Renova. O Compat analisa os três documentos.

Zezinho do Bento tem receios com o tombamento. “Se futuramente acharmos coisas que nós perdemos, fica mais complicado para tirar. Vai precisar de autorização”, avalia. Para Ana Cristina, esse tipo de preocupação é natural, mas pode ser dissipada ao longo do processo. “É importante destacar que todo o limite, alcance e restrição do tombamento será definido pelo conselho a partir da oitiva dos atingidos”.

Ela explica ainda que o tombamento requer um dossiê que deverá ser produzido por uma empresa terceirizada contratada pelo Compat e apontar as diretrizes. “É um trabalho que envolve historiadores, museólogos, geógrafos, arquitetos, entre outros profissionais. Eles deverão conduzir um processo participativo”, acrescenta.

A discussão deverá envolver ainda o debate acerca da necessidade de preservação da história do rompimento da barragem. Há iniciativas semelhantes no mundo como o Memorial do Holocausto erguido em Berlim, na Alemanha, que busca lançar um alerta para que tragédia similar não se repita. Também com esse intuito, foi inaugurado, em agosto, no centro de Mariana, a Casa Jardim. Trata-se de um pequeno museu informativo e audiovisual cuja estruturação foi um dos compromissos assumidos pela Fundação Renova, entidade criada para reparar todos os danos causados.

No local, o visitante pode conhecer a história da mineração em Mariana, ouvir depoimentos de atingidos e ver um documentário sobre a tragédia. Os principais atrativos ficam por conta da maquete interativa que mostra o percurso da lama pela bacia do Rio Doce e da sala que projeta imagens da região nas quatro paredes. A Casa Jardim tem recebido uma média de 300 visitantes por mês, incluindo estudantes que vão ao local em excursões organizadas pelas escolas da região.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas

ANP passa a divulgar referência para precificação ... Foto: Divulgação A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) passará a divulgar a partir desta segunda-feira (12), a média s...
Joaquim Levy será o presidente do BNDES Foto: Mike Theiler/Reuters O ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy será o novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BND...
Novo cálculo de reajuste de planos de saúde será d... Planos de saúde - Arquivo/Agência Brasil Proposta de nova metodologia para reajuste anual de planos de saúde individuais e familiares será tema de a...
Moro diz que governo Bolsonaro não fará discrimina... O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro - Fabio Rodrigues Pozzebom Futuro ministro afirma que haverá rigor contra crimes de ódio Confirmado para ...
Bolsonaro nega proposta de alíquota de 22% para a ... O presidente eleito Jair Bolsonaro durante visita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). O presidente eleito Jair Bolsonaro disse hoje (8), nas rede...

Category: Brasil

Comments are closed.

Educação

Mesmo quem teve 1ª fase do Enem cancelada deve fazer provas no domingo

Mesmo quem teve 1ª fase do Enem cancelada deve fazer provas no domingo

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que tiveram a aplicação da prova cancelada por falta de energia elétrica no último domingo (4) devem fazer o exame neste domingo (11). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses estudantes terão direito a reaplicação apenas das provas […]

| 10 de novembro de 2018
Fundeb 2019: Orçamento revela perspectiva de queda do Fundo da Educação

Fundeb 2019: Orçamento revela perspectiva de queda do Fundo da Educação

O projeto de Lei Orçamentária para o Exercício de 2019, estimando a Receita e fixando a Despesa, de autoria do Poder Executivo, que já tramita na Assembleia Legislativa, traz uma perspectiva de redução sobre o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) se comparado com o […]

| 8 de novembro de 2018
Tudo pronto para segundo ‘Aulão Enem’ na Arena Batistão

Tudo pronto para segundo ‘Aulão Enem’ na Arena Batistão

O Aulão acontece nesta sexta-feira, 09, com revisão de Matemática, Ciências da Natureza e Suas Tecnologias, na Arena Batistão, das 15h às 20h A Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Curso Pré-Universitário da Seed, vinculado ao Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), realizará nesta sexta-feira, 09, o último ‘Aulão Enem’ para […]

| 8 de novembro de 2018

Economia

Tarifas postais são reajustadas em 5,99%

Tarifas postais são reajustadas em 5,99%

As tarifas postais foram reajustadas em 5,99%. O aumento vale a partir de hoje (9), quando a medida foi publicada no Diário Oficial da União pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), ao qual os Correios estão vinculados. Com isso, os valores de diversos serviços serão alterados. A carta comercial sairá de R$ […]

| 9 de novembro de 2018
Concessão de desconto de 80% no pagamento à vista de dívidas de ICMS é prorrogado até dia 30 de novembro

Concessão de desconto de 80% no pagamento à vista de dívidas de ICMS é prorrogado até dia 30 de novembro

O Governo do Estado de Sergipe mantém aberta a oportunidade de quitação de dívidas com descontos progressivos e a redução de 80% das multas e dos juros, que iria até 30 de outubro foi prorrogado para 30 de novembro. Após esse prazo não haverá por parte do governo qualquer desconto nos pagamentos. Para as empresas […]

| 6 de novembro de 2018
Governo arrecada mais de R$ 204 milhões com IPVA

Governo arrecada mais de R$ 204 milhões com IPVA

O Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) é o segundo tributo estadual mais lucrativo aos cofres do governo de Sergipe. No acumulado do ano, foram arrecadados mais de R$ 204 milhões, superando a meta estabelecida para o exercício de 2018, que era de R$203 milhões. A frota total de veículos supera os 900 mil, desses, […]

| 6 de novembro de 2018

Concursos

Concursos da Segurança Pública realizados pelo governo do Estado seguem cronograma

Concursos da Segurança Pública realizados pelo governo do Estado seguem cronograma

Somente neste ano, foram realizados concursos para a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Agente Prisional, Gestor Público e Delegado de Polícia Civil Com o objetivo de realizar melhorias na Segurança Pública, o governo de Sergipe tem promovido concursos públicos para a área, ao longo deste ano de 2018. Atualmente, estão em andamento os concursos da […]

| 9 de novembro de 2018
15 órgãos abrem inscrições para 1,4 mil vagas nesta segunda

15 órgãos abrem inscrições para 1,4 mil vagas nesta segunda

Os salários chegam a R$ 15.247,23 na Prefeitura de Brusque (SC) Pelo menos 15 órgãos abrem as inscrições nesta segunda-feira (29) para 1,4 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 15.247,23 na Prefeitura de Brusque (SC). Veja abaixo os detalhes dos concursos: Assembleia Legislativa da Bahia Inscrições: […]

| 29 de outubro de 2018
Estado investe em concursos para reforçar segurança em Sergipe

Estado investe em concursos para reforçar segurança em Sergipe

Desde 2014, o governo do Estado de Sergipe já realizou nove concursos públicos na área de segurança. Foram realizados e já concluídos os concursos da PM/SE 2014, Perícia Criminal e Polícia Civil, nos quais foram convocados 1.985 aprovados, ampliando o efetivo da Secretaria e reforçando a segurança dos sergipanos. Laçados este ano, estão em curso […]

| 16 de outubro de 2018
banner ad
banner ad