Jackson se reúne com bancada sergipana em Brasília para discutir alternativas ao fechamento da Fafen

| 21 de março de 2018

Em audiência solicitada pelo governador, todos os parlamentares foram convocados a emitir sugestões e estudos que devem ser levados ao presidente Michel Temer durante reunião já marcada para a próxima terça-feira (27). Ficou acertado que, na próxima segunda-feira (26), Jackson e os parlamentares serão recebidos pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente

O governador Jackson Barreto está em Brasília nesta quarta-feira (21) articulando junto às lideranças políticas sergipanas possibilidades de resolução para o possível fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), localizada em Laranjeiras. Em audiência solicitada pelo governador, todos os parlamentares foram convocados a emitir sugestões e estudos que devem ser levados ao presidente Michel Temer durante reunião já marcada para a próxima terça-feira (27). Ficou acertado que, na próxima segunda-feira (26), Jackson e os parlamentares serão recebidos pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Como encaminhamento da audiência, uma nota em nome do governo de Sergipe e subscrita pelos parlamentares será publicada. Durante a reunião, Jackson afirmou já ter entrado em contato com o governador da Bahia, Rui Costa, para estabelecer relações de apoio mútuo. O governador colocou ainda a possibilidade de entrar com uma ação junto ao governo Federal via Procuradoria Geral do Estado para deter o processo de fechamento.

De acordo com Jackson, o encerramento das atividades da Fábrica não será aceito pelo governo de Sergipe e pelas forças políticas do Estado. “Viemos buscar sugestões para levar ao presidente da república de forma a manter os interesses do Estado tanto do ponto de vista da garantia dos empregos quanto da economia em um momento de crise. Fechar a fábrica ou colocá-la para hibernar significa depreciar todo o equipamento, e o retorno vai ser totalmente inviável”, disse.

O deputado Federal André Moura fez colocações acerca de seu contato inicial com Michel Temer sobre a questão. “Estive com o presidente para tratar do tema. Ele conversou com o presidente da Petrobras, que se comprometeu a receber o governador e a bancada na próxima terça-feira. Entendo que essa luta não é só de Sergipe, é da Bahia também”, comentou.

O deputado federal pela Bahia Davidson Magalhães, que compõe a Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Química, expôs o impacto do fechamento da Fafen para todo o setor no Brasil. “Essa retirada da Fafen vai afetar muito a indústria química brasileira. A produção de amônia, uréia e gás carbônico, que são matérias-primas da indústria química, será extremamente afetada e esse é outro viés de como isso vai impactar a industrialização no Nordeste. Não é um problema só do Estado, pois temos toda uma cadeia da indústria química brasileira que vai  sofrer impacto imediato”, disse.

O senador Antônio Carlos Valadares manifestou seu apoio à iniciativa de Jackson pela convocação da audiência. “Governador, quero te parabenizar pela atitude de nos reunir nesse momento importante. Esperamos que o presidente da República cobre da Petrobras”, resumiu.

“Quero parabenizar a iniciativa. O senhor foi rápido, ágil. A proposta para o governo federal é não aceitar o fechamento, mas topamos discutir, por meio da Codise, com a Petrobras e os trabalhadores da empresa uma saída, que pode ser a manutenção dela, uma PPP, o que não pode é fechar. Sergipe e Bahia precisam se unir em torno disso”, declarou o deputado federal João Daniel.

Fábio Mitidieri comentou a política da Petrobras em relação a produção de fertilizantes no País e disse que o encerramento do setor está na contramão dos investimentos agrícolas e em produção de alimentos do resto do mundo.

“Está muito claro a política pública da Petrobras na questão dos fertilizantes. Você pega a produção de ureia e amônia em Sergipe, Bahia e Pará, que vinha crescendo em 2015 e 2016, chegou a 50% em Sergipe e na Bahia, e no Pará, praticamente encerrou. O que demonstra uma contramão da política mundial de investimentos, e saindo do mercado de uma forma abrupta, sem conversar com os governadores, com as bancadas. A produção do Pará saiu de 609 mil toneladas,e m 2015, para 185 mil em 2017, praticamente encerrando a produção. Sergipe tinha 372, 388, quando foi o ano passado, baixou para 290 na amônia, e na ureia baixou de 508 para 374 em 2017, o que demonstra que a Petrobras não quer mais nada com o segmento. E não se preparou para sair do segmento da forma correta. Se hibernar, aquilo ali vai ficar ocioso, ninguém mais vai ter interesse. A sugestão que eu queria colocar era de que, temporariamente, o governo federal pudesse fazer uma isenção de impostos federais ou até uma redução de impostos federais para salvar a empresa, manter o negócio de pé até reverter a situação. Acho que essa questão dos impostos federais seria plausível.”, afirmou.

Ao fim da reunião, o governador agradeceu e estimulou os parlamentares a seguir articulando forças em coletividade em prol do povo sergipano. “Eu acho que, neste momento, cabe aqui ao governador agradecer a cada um dos deputados federais, senadores, ao deputado estadual Pastor Antônio e à vereadora Emília Correia. Nós estamos mostrando que quando os interesses do Estado estão em jogo, a bancada está unida. Estamos dando uma lição de como se engajar na hora das dificuldades. O protagonismo aqui é de todos”, pontuou.

Fafen

O governador foi informado do fechamento da Fafen na segunda-feira (19), após telefonema do presidente da Petrobras, Pedro Parente. A fábrica de Sergipe entrou em operação em 1982 e marcou um novo ciclo do desenvolvimento no estado, com a construção da adutora do Rio São Francisco, a ampliação da rede de energia elétrica, a revitalização da ferrovia que liga Sergipe à Bahia e ainda com a instalação do Terminal Portuário Ignácio Barbosa, em Barra dos Coqueiros, a 36 quilômetros de Aracaju.
Ocupando uma área de 1 Km², a fábrica produz amônia, uréia fertilizante, uréia pecuária, uréia industrial, ácido nítrico, hidrogênio e gás carbônico.

Desde 2014, a Fafen-SE conta com uma planta de produção de sulfato de amônio com capacidade para produzir até 303 mil toneladas/ano, o que equivale a 80% da importação da região Nordeste em 2014. O sulfato de amônio contém nitrogênio na composição e também é excelente fonte de enxofre, muito utilizado no cultivo de milho, cana-de-açúcar e algodão.

Presenças

Estiveram presentes também os deputados federais Laércio Oliveira, Fábio Reis, Fábio Mitidieri, João Daniel, Jony Marcos, Adelson Barreto e Valadares Filho; os senadores Maria do Carmo, Elber Batalha e Eduardo Amorim; o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Rosman Pereira; o deputado estadual Pastor Antônio dos Santos como representante da Assembleia Legislativa de Sergipe; a vereadora Emília Correia como representante da Câmara de Vereadores de Aracaju e o empresário e ex-governador de Sergipe, Albano Franco.

Nota Púbica produzida após reunião do governador coma bancada federal:

Nota Pública 

Na manhã desta quarta-feira (21), o governador Jackson Barreto convidou toda a bancada de parlamentares federais de Sergipe, oito deputados federais e três senadores, no gabinete da Senadora Maria do Carmo Alves, em Brasília, para debater o fechamento da  Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen).

Estiveram presentes os senadores Maria do Carmo Alves, Eduardo Amorim, Elber Batalha, Antônio Carlos Valadares; os deputados federais Fábio Reis, Fábio Mitidieri, João Daniel, Adelson Barreto, Jony Marcos, Laércio Oliveira, Valadares Filho e André Moura. Representando a Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado estadual Antônio dos Santos, e representado a Câmara Municipal de Aracaju, a vereadora Emília Correia.

A reunião, que foi convocada em caráter de urgência, teve como pauta a busca pela reversão da decisão da Petrobras em fechar a unidade da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen), comunicada por telefone na última segunda-feira (19) pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, ao governador Jackson Barreto, alegando prejuízos consecutivos na operação da fábrica.

Na reunião, o governador comunicou aos parlamentares como foi a conversa com Pedro Parente, as alegações para o fechamento da unidade e a reposta que o governador deu ao presidente da Petrobras, de que não aceitaria a informação daquela forma sem que houvesse um aprofundamento da questão, já que existe um impacto profundamente negativo em relação a centenas de empregos diretos e milhares indiretos na economia dos municípios do entorno da Fafen, no qual está instalada uma cadeia produtiva, como também, na economia do estado de Sergipe.

Todos os parlamentares foram unânimes em afirmar seus respectivos apoios à luta, colocando-se à disposição do governo de Sergipe nas próximas etapas de reivindicações e diálogos que serão estabelecidos com a Petrobras e com o governo Federal para encontrar saídas que evitem o fechamento da Fafen.

O governador Jackson Barreto comunicou, também, que está mantendo diálogos com o governador da Bahia, Ruy Costa, o qual também foi comunicado sobre o fechamento da Fafen na região de Camaçari. Os dois governadores estão tentando uma reunião na próxima segunda-feira (26) com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, na sede da empresa no Rio de Janeiro.

Tanto o deputado federal Laércio Oliveira, como o líder do governo do presidente Michel Temer no Congresso Nacional, deputado André Moura, informaram que conversaram ontem (terça-feira) com o presidente Temer sobre a questão da Fafen e que o presidente comprometeu-se em marcar uma reunião com o governador Jackson Barreto e toda a bancada na próxima terça feira (27) para tratar do tema, com a presença do presidente da Petrobras Pedro Parente.

O governador informou que já está elaborando uma proposta para ser apresentada como  alternativa ao fechamento e que seja capaz de manter a fábrica funcionando. Ele pediu que todos os parlamentares contribuíssem com ideias concretas para serem apresentadas na reunião com Parente, a fim de que não se torne apenas uma reunião discursiva. Todos os parlamentares parabenizaram essa iniciativa pela união por Sergipe e se colocam a disposição para contribuir.

No final, o governador agradeceu a todos pelo atendimento ao chamamento e destacou que deve haver união quando estão em jogo os interesses de Sergipe.

Agência Sergipe de Noticias 
 

Notícias Relacionadas

Gualberto diz que caldo cultural de Rodrigo Valada... A reclamação do deputado Rodrigo Valadares (PTB), devido ao fato de a Prefeitura não ter realizado um show gospel no dia do aniversário de Aracaju em ...
Impedida de questionar, Kitty Lima critica ‘monólo... O veto para que deputados estaduais pudessem fazer perguntas e questionamentos ao governador Belivaldo Chagas, que esteve na manhã desta quarta-feir...
Projeto de Seu Marcos que penaliza proprietários d... Foto: César de Oliveira Quem passar trote ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) poderá ser penalizado com multas. É o que sugere o Pr...
Alessandro Vieira defende CPI dos tribunais superi... O senador Alessandro Vieira (PPS-SE) informou nesta terça-feira (19) em Plenário que apresentou à Mesa do Senado novo requerimento para abertura de ...
Américo de Deus cobra revitalização do Museu do Ma... Foto: Gilton Rosas Durante o Grande Expediente desta terça-feira, 19, o vereador Américo de Deus (Rede) utilizou a Tribuna para enaltecer o trabalho...

Tags: ,

Category: Política

Comments are closed.

Educação

Inep libera espelhos da redação do Enem 2018

Inep libera espelhos da redação do Enem 2018

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já podem ter acesso à correção da redação para fins pedagógicos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio (Inep) divulgou na manhã de hoje (19) os espelhos da redação na Página do Participante do exame. Com o espelho, os estudantes podem conferir o que erraram […]

| 19 de março de 2019
Enem terá rascunho com linhas para a redação

Enem terá rascunho com linhas para a redação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) garantiu hoje (15) que o rascunho da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá linhas, como de costume, e que haverá espaço suficiente na prova para os cálculos matemáticos. Essas questões causaram preocupação em estudantes desde que o Inep anunciou medidas para economizar papel na […]

| 15 de março de 2019
Educação Profissionalizante: Três unidades de ensino da rede estadual continuam com inscrições abertas

Educação Profissionalizante: Três unidades de ensino da rede estadual continuam com inscrições abertas

O Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), mantém abertas as inscrições para cursos técnicos profissionalizantes em três unidades de ensino da rede estadual. Estão sendo ofertadas, ao todo, 400 vagas em diversas cursos, visando preparar os alunos para suprir as demandas de suas localidades. De […]

| 8 de março de 2019

Economia

Em fevereiro, cesta básica aracajuana ficou em R$ 379,61

Em fevereiro, cesta básica aracajuana ficou em R$ 379,61

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), apontou que o valor da cesta […]

| 19 de março de 2019
Petrobras reajusta preço da gasolina 14 vezes

Petrobras reajusta preço da gasolina 14 vezes

Do dia 2 de fevereiro até ontem, 18, a Petrobras reajustou o preço da gasolina nas refinarias 14 vezes, acumulando um aumento de 20,5% no preço do produto. Só neste mês, o preço do combustível subiu sete vezes e, a partir de hoje, dia 19, o valor do litro ficará 0,5% mais caro, e passará […]

| 19 de março de 2019
Nascidos em maio e junho começam a receber o PIS/Pasep

Nascidos em maio e junho começam a receber o PIS/Pasep

A Caixa inicia hoje (14), o pagamento do Abono Salarial (PIS – Programa de Integração Social) do calendário 2018/2019, para os trabalhadores nascidos em maio e junho. Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2017. Em Sergipe são 37.215 beneficiários do […]

| 14 de março de 2019

Concursos

FHS lança nova convocação para PSS da Saúde

FHS lança nova convocação para PSS da Saúde

A partir desta quarta-feira, 20, os convocados em 11° lista do Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), devem iniciar a entrega da documentação e títulos comprobatórios que foram registrados no ato da inscrição, no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, na Av. Augusto Franco. Os interessados podem encontrar na página www.saude.se.gov.br datas […]

| 19 de março de 2019
Inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para professores foram prorrogadas

Inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para professores foram prorrogadas

Os professores interessados em trabalhar nas unidades de ensino da rede estadual que oferecem o Ensino Médio em Tempo Integral poderão se inscrever no Processo Seletivo Simplificado aberto pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc). As inscrições tiveram início no dia 27 de fevereiro e […]

| 11 de março de 2019
Prefeitura de Aracaju divulga resultado parcial do PSS da Educação

Prefeitura de Aracaju divulga resultado parcial do PSS da Educação

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), divulgou o resultado parcial do Processo Seletivo Simplificado (PSS) que visa a contratação de professores substitutos para lecionar nas escolas municipais, mantidas pela Secretaria Municipal da Educação (Semed). O edital e a lista com os profissionais convocados foram publicados no Diário Oficial do […]

| 19 de fevereiro de 2019
banner ad
banner ad