Jackson se reúne com bancada sergipana em Brasília para discutir alternativas ao fechamento da Fafen

| 21 de março de 2018

Em audiência solicitada pelo governador, todos os parlamentares foram convocados a emitir sugestões e estudos que devem ser levados ao presidente Michel Temer durante reunião já marcada para a próxima terça-feira (27). Ficou acertado que, na próxima segunda-feira (26), Jackson e os parlamentares serão recebidos pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente

O governador Jackson Barreto está em Brasília nesta quarta-feira (21) articulando junto às lideranças políticas sergipanas possibilidades de resolução para o possível fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), localizada em Laranjeiras. Em audiência solicitada pelo governador, todos os parlamentares foram convocados a emitir sugestões e estudos que devem ser levados ao presidente Michel Temer durante reunião já marcada para a próxima terça-feira (27). Ficou acertado que, na próxima segunda-feira (26), Jackson e os parlamentares serão recebidos pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Como encaminhamento da audiência, uma nota em nome do governo de Sergipe e subscrita pelos parlamentares será publicada. Durante a reunião, Jackson afirmou já ter entrado em contato com o governador da Bahia, Rui Costa, para estabelecer relações de apoio mútuo. O governador colocou ainda a possibilidade de entrar com uma ação junto ao governo Federal via Procuradoria Geral do Estado para deter o processo de fechamento.

De acordo com Jackson, o encerramento das atividades da Fábrica não será aceito pelo governo de Sergipe e pelas forças políticas do Estado. “Viemos buscar sugestões para levar ao presidente da república de forma a manter os interesses do Estado tanto do ponto de vista da garantia dos empregos quanto da economia em um momento de crise. Fechar a fábrica ou colocá-la para hibernar significa depreciar todo o equipamento, e o retorno vai ser totalmente inviável”, disse.

O deputado Federal André Moura fez colocações acerca de seu contato inicial com Michel Temer sobre a questão. “Estive com o presidente para tratar do tema. Ele conversou com o presidente da Petrobras, que se comprometeu a receber o governador e a bancada na próxima terça-feira. Entendo que essa luta não é só de Sergipe, é da Bahia também”, comentou.

O deputado federal pela Bahia Davidson Magalhães, que compõe a Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Química, expôs o impacto do fechamento da Fafen para todo o setor no Brasil. “Essa retirada da Fafen vai afetar muito a indústria química brasileira. A produção de amônia, uréia e gás carbônico, que são matérias-primas da indústria química, será extremamente afetada e esse é outro viés de como isso vai impactar a industrialização no Nordeste. Não é um problema só do Estado, pois temos toda uma cadeia da indústria química brasileira que vai  sofrer impacto imediato”, disse.

O senador Antônio Carlos Valadares manifestou seu apoio à iniciativa de Jackson pela convocação da audiência. “Governador, quero te parabenizar pela atitude de nos reunir nesse momento importante. Esperamos que o presidente da República cobre da Petrobras”, resumiu.

“Quero parabenizar a iniciativa. O senhor foi rápido, ágil. A proposta para o governo federal é não aceitar o fechamento, mas topamos discutir, por meio da Codise, com a Petrobras e os trabalhadores da empresa uma saída, que pode ser a manutenção dela, uma PPP, o que não pode é fechar. Sergipe e Bahia precisam se unir em torno disso”, declarou o deputado federal João Daniel.

Fábio Mitidieri comentou a política da Petrobras em relação a produção de fertilizantes no País e disse que o encerramento do setor está na contramão dos investimentos agrícolas e em produção de alimentos do resto do mundo.

“Está muito claro a política pública da Petrobras na questão dos fertilizantes. Você pega a produção de ureia e amônia em Sergipe, Bahia e Pará, que vinha crescendo em 2015 e 2016, chegou a 50% em Sergipe e na Bahia, e no Pará, praticamente encerrou. O que demonstra uma contramão da política mundial de investimentos, e saindo do mercado de uma forma abrupta, sem conversar com os governadores, com as bancadas. A produção do Pará saiu de 609 mil toneladas,e m 2015, para 185 mil em 2017, praticamente encerrando a produção. Sergipe tinha 372, 388, quando foi o ano passado, baixou para 290 na amônia, e na ureia baixou de 508 para 374 em 2017, o que demonstra que a Petrobras não quer mais nada com o segmento. E não se preparou para sair do segmento da forma correta. Se hibernar, aquilo ali vai ficar ocioso, ninguém mais vai ter interesse. A sugestão que eu queria colocar era de que, temporariamente, o governo federal pudesse fazer uma isenção de impostos federais ou até uma redução de impostos federais para salvar a empresa, manter o negócio de pé até reverter a situação. Acho que essa questão dos impostos federais seria plausível.”, afirmou.

Ao fim da reunião, o governador agradeceu e estimulou os parlamentares a seguir articulando forças em coletividade em prol do povo sergipano. “Eu acho que, neste momento, cabe aqui ao governador agradecer a cada um dos deputados federais, senadores, ao deputado estadual Pastor Antônio e à vereadora Emília Correia. Nós estamos mostrando que quando os interesses do Estado estão em jogo, a bancada está unida. Estamos dando uma lição de como se engajar na hora das dificuldades. O protagonismo aqui é de todos”, pontuou.

Fafen

O governador foi informado do fechamento da Fafen na segunda-feira (19), após telefonema do presidente da Petrobras, Pedro Parente. A fábrica de Sergipe entrou em operação em 1982 e marcou um novo ciclo do desenvolvimento no estado, com a construção da adutora do Rio São Francisco, a ampliação da rede de energia elétrica, a revitalização da ferrovia que liga Sergipe à Bahia e ainda com a instalação do Terminal Portuário Ignácio Barbosa, em Barra dos Coqueiros, a 36 quilômetros de Aracaju.
Ocupando uma área de 1 Km², a fábrica produz amônia, uréia fertilizante, uréia pecuária, uréia industrial, ácido nítrico, hidrogênio e gás carbônico.

Desde 2014, a Fafen-SE conta com uma planta de produção de sulfato de amônio com capacidade para produzir até 303 mil toneladas/ano, o que equivale a 80% da importação da região Nordeste em 2014. O sulfato de amônio contém nitrogênio na composição e também é excelente fonte de enxofre, muito utilizado no cultivo de milho, cana-de-açúcar e algodão.

Presenças

Estiveram presentes também os deputados federais Laércio Oliveira, Fábio Reis, Fábio Mitidieri, João Daniel, Jony Marcos, Adelson Barreto e Valadares Filho; os senadores Maria do Carmo, Elber Batalha e Eduardo Amorim; o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; o secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Rosman Pereira; o deputado estadual Pastor Antônio dos Santos como representante da Assembleia Legislativa de Sergipe; a vereadora Emília Correia como representante da Câmara de Vereadores de Aracaju e o empresário e ex-governador de Sergipe, Albano Franco.

Nota Púbica produzida após reunião do governador coma bancada federal:

Nota Pública 

Na manhã desta quarta-feira (21), o governador Jackson Barreto convidou toda a bancada de parlamentares federais de Sergipe, oito deputados federais e três senadores, no gabinete da Senadora Maria do Carmo Alves, em Brasília, para debater o fechamento da  Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen).

Estiveram presentes os senadores Maria do Carmo Alves, Eduardo Amorim, Elber Batalha, Antônio Carlos Valadares; os deputados federais Fábio Reis, Fábio Mitidieri, João Daniel, Adelson Barreto, Jony Marcos, Laércio Oliveira, Valadares Filho e André Moura. Representando a Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado estadual Antônio dos Santos, e representado a Câmara Municipal de Aracaju, a vereadora Emília Correia.

A reunião, que foi convocada em caráter de urgência, teve como pauta a busca pela reversão da decisão da Petrobras em fechar a unidade da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen), comunicada por telefone na última segunda-feira (19) pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, ao governador Jackson Barreto, alegando prejuízos consecutivos na operação da fábrica.

Na reunião, o governador comunicou aos parlamentares como foi a conversa com Pedro Parente, as alegações para o fechamento da unidade e a reposta que o governador deu ao presidente da Petrobras, de que não aceitaria a informação daquela forma sem que houvesse um aprofundamento da questão, já que existe um impacto profundamente negativo em relação a centenas de empregos diretos e milhares indiretos na economia dos municípios do entorno da Fafen, no qual está instalada uma cadeia produtiva, como também, na economia do estado de Sergipe.

Todos os parlamentares foram unânimes em afirmar seus respectivos apoios à luta, colocando-se à disposição do governo de Sergipe nas próximas etapas de reivindicações e diálogos que serão estabelecidos com a Petrobras e com o governo Federal para encontrar saídas que evitem o fechamento da Fafen.

O governador Jackson Barreto comunicou, também, que está mantendo diálogos com o governador da Bahia, Ruy Costa, o qual também foi comunicado sobre o fechamento da Fafen na região de Camaçari. Os dois governadores estão tentando uma reunião na próxima segunda-feira (26) com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, na sede da empresa no Rio de Janeiro.

Tanto o deputado federal Laércio Oliveira, como o líder do governo do presidente Michel Temer no Congresso Nacional, deputado André Moura, informaram que conversaram ontem (terça-feira) com o presidente Temer sobre a questão da Fafen e que o presidente comprometeu-se em marcar uma reunião com o governador Jackson Barreto e toda a bancada na próxima terça feira (27) para tratar do tema, com a presença do presidente da Petrobras Pedro Parente.

O governador informou que já está elaborando uma proposta para ser apresentada como  alternativa ao fechamento e que seja capaz de manter a fábrica funcionando. Ele pediu que todos os parlamentares contribuíssem com ideias concretas para serem apresentadas na reunião com Parente, a fim de que não se torne apenas uma reunião discursiva. Todos os parlamentares parabenizaram essa iniciativa pela união por Sergipe e se colocam a disposição para contribuir.

No final, o governador agradeceu a todos pelo atendimento ao chamamento e destacou que deve haver união quando estão em jogo os interesses de Sergipe.

Agência Sergipe de Noticias 
 

Notícias Relacionadas

Cabo Amintas critica o caos da Segurança Pública e... Foto: Gilton Rosas O retrato do caos no panorama da Segurança Pública em Sergipe. Esse foi o tema abordado pelo vereador e líder da oposição C...
“Mulher tem que ter 50% da cota de participação no... Foto: Gilton Rosas A vereadora Emília Corrêa (Patriota) voltou a defender maiores espaços para mulheres dentro dos partidos políticos, bem como nos ...
“Tem muita coisa por trás dessa situação e e... Foto: César de Oliveira A precária situação do Parque da Cidade, Zona Norte da capital, foi novamente denunciada pela vereadora Kitty Lima (Rede) ne...
MP Eleitoral recomenda aumento de fiscalização nas... Foto: Divulgação Após receber denúncias de desrespeito à legislação de trânsito durante carreatas, o Ministério Público Eleitoral recomendou aos órg...
TRE indefere registros de 1º e 2º suplentes de sen... Por 6 votos a 1, o Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE) indeferiu o registro de José Agnaldo Neves Cunha, que postulava candidatura para ...

Tags: ,

Category: Política

Comments are closed.

Educação

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Dentre as áreas priorizadas pela administração do prefeito Edvaldo Nogueira, uma delas, em particular, vem recebendo um carinho especial da gestão nestes seus primeiros 21 meses. Trata-se da Educação, tema referido pela quase totalidade dos gestores, mas, de fato, executado por poucos. Frente ao cenário de abandono encontrado, a administração municipal colocou em prática um […]

| 12 de setembro de 2018
Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Os índices do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Educação, revelam que o estado de Sergipe, apesar de apresentar uma pequena progressão em alguns itens entre 2015 e 2017, continua abaixo da média nacional. O sistema avaliou entre 23 de outubro e 3 de novembro de 2017 mais de […]

| 31 de agosto de 2018
Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

O Centro Estadual de Educação Profissional José Figueiredo Barreto, em Aracaju, está com as inscrições abertas para os cursos técnicos em Serviços de Condomínio, Serviços de Restaurante e Bar, Redes de Computadores, na forma subsequente (ensino médio concluído). As inscrições vão até o dia 17 de agosto, devendo ser feitas na sede da unidade de […]

| 15 de agosto de 2018

Economia

Pesquisa do Procon Aracaju aponta variação de R$ 10 no botijão de gás

Pesquisa do Procon Aracaju aponta variação de R$ 10 no botijão de gás

Pesquisa realizada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Aracaju (Procon Aracaju) apontou uma variação de R$ 10 no preço cobrado pelo botijão de gás de cozinha de 13 kg quando o pagamento é a vista e de R$ 7 quando o pagamento é no cartão de crédito. O levantamento que é realizado […]

| 21 de setembro de 2018
Pessoas com até 60 anos têm até o dia 28 para sacar o PIS

Pessoas com até 60 anos têm até o dia 28 para sacar o PIS

Cerca de 4,5 milhões de pessoas nessa faixa etária ainda não resgataram o benefício. Cotistas do PIS com menos de 60 anos têm até o dia 28 para sacar o benefício. Têm direito os trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988 que ainda não sacaram o saldo total de […]

| 19 de setembro de 2018
Gasolina tem novo aumento em menos de 24 horas e bate recorde

Gasolina tem novo aumento em menos de 24 horas e bate recorde

Em Aracaju, o litro beira R$ 5 em alguns postos; grande parte do preço final é de impostos O reajuste de 1,02% no preço médio do litro da gasolina anunciado na quarta-feira (12) pela Petrobras mal chegou às bombas e a estatal já divulgou um novo aumento. Nesta quinta-feira (13), a Petrobras informou que elevou em […]

| 14 de setembro de 2018

Concursos

Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) retificou e considerou como resultado final, a relação dos candidatos habilitados, referente ao edital nº 07/2018 para o I Concurso Público visando o provimento de cargos efetivos do quadro de pessoal da Alese. O concurso foi publicado no Diário Oficial do Estado, edição nº […]

| 10 de setembro de 2018
Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Por decisão judicial os classificados para a segunda fase do concurso de soldado da Polícia Militar de Sergipe realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), vão fazer normalmente o Teste de Aptidão Física (TAF) marcado para os dias 02, 03 e 04 de setembro pelo Instituto Brasileiro de […]

| 31 de agosto de 2018
Divulgado resultado final do PSS para Recepcionista da Saúde

Divulgado resultado final do PSS para Recepcionista da Saúde

A Prefeitura de Aracaju divulgou nesta quinta-feira, 26, no Diário Oficial, o resultado final do Processo Seletivo Público Simplificado (PSS) para a contratação de 65 profissionais, mais cadastro reserva, que deverão atuar como recepcionistas de Unidades de Saúde da capital. O PSS para recepcionista da Saúde foi lançado em maio deste ano, e esta foi […]

| 28 de julho de 2018
banner ad
banner ad