Governo arrecada mais de R$ 204 milhões com IPVA

| 6 de novembro de 2018

Foto: Ilustrativa 

O Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) é o segundo tributo estadual mais lucrativo aos cofres do governo de Sergipe. No acumulado do ano, foram arrecadados mais de R$ 204 milhões, superando a meta estabelecida para o exercício de 2018, que era de R$203 milhões. A frota total de veículos supera os 900 mil, desses, 700 mil são ativos.

A expectativa para 2019, conforme o Projeto de Lei nº 112 enviado pelo Executivo para a Assembleia Legislativa, é coletar com o IPVA cifra superior a R$216 milhões, valor delgado comparado à proposta orçamentária total do Estado para o próximo ano, que é de R$9,9 bilhões.

No ranking de arrecadação estadual, o IPVA só perde apenas para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cuja estimativa até o final do ano é de R$ 3.193.219.52. Em terceiro lugar aparece o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD), que até o momento estufa os cofres com R$ 16.146.035,32.

Divisão

De acordo com a coordenadora do núcleo de IPVA da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Rosa Amélia, do total arrecadado por cada veículo, 50% vai para o governo estadual e os outros 50% para o município no qual o veículo foi emplacado.

A coordenadora faz questão de explicar que o cálculo do IPVA para veículos usados é feito com base na tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), elaborada anualmente. “Os valores são baseados no valor venal dos veículos a preço de mercado. Em cima do valor é aplicada alíquota correspondente para cada veículo”, frisa.

Já para veículos novos, afirma Rosa, é utilizado a alíquota correspondente sobre o valor total da nota fiscal e cobrado proporcional aos meses do ano e de acordo com a data de emissão da nota fiscal.

Utilização

A dinheirama arrecadada com o IPVA não é somente utilizada para bancar serviços essenciais e correlatos à infraestrutura de transporte, como pavimentação de ruas, instalação de semáforos ou manutenção das rodovias, como muitas pessoas pensam, mas sim, em sua grande maioria, em despesas com a educação, saúde, segurança, saneamento, entre outros.

“O IPVA, por ser um imposto não-vinculado, ou seja, uma fonte genérica de recurso, pode ser utilizado pelo governo para qualquer necessidade”, sentencia Rosa Amélia.

Exceções

Há três situações em que o contribuinte não pagará o tributo: por isenção, por imunidade e por dispensa. Cada uma dessas possibilidades se refere a condições diversas e, em alguns estados, não há distinção entre a dispensa e a isenção, diferindo apenas o beneficiário e o motivo da desobrigação.

De acordo com a Sefaz, aos que possuem imunidade, o requerimento deve ser feito apenas uma vez e não há prazo determinado para a solicitação. Já para os que possuem apenas o direito à isenção, tal solicitação deve ser feita anualmente, até o prazo do licenciamento, e pelo proprietário do veículo isentado. Isenção e imunidade são limitações ao poder de tributar. Confira as diferenças:

Isenção – Uma parcela considerável da população pode se isentar do pagamento do IPVA por conta de deficiências e limitações físicas, algumas doenças crônicas e até mesmo pelo ano do veículo.

“Concedemos isenção para taxista, pessoas portadoras de deficiência física, mas não são todas as deficiências. Para isso, existe um processo e a pessoa é submetida à perícia médica. Temos também isenção para proprietários de transporte escolar e veículos com mais de 15 anos de uso”, enumera a coordenadora.

Há também isenção para proprietários de transporte escolar; veículos de corpo diplomático (cadastrados e autorizados junto ao governo brasileiro); veículos com potência inferior a 50 cilindradas; moto-táxi; ônibus ou micro-ônibus utilizado em fretamento; máquinas agrícolas; veículos ferroviários (trens); máquinas usadas na construção civil, na indústria e no comércio para manejo de cargas, entre outras.

Imunidade – Existe também a categoria Imunidade, cedida a veículos que pertençam a entidades com garantia constitucional de não pagamento de tributos. Nessa categoria, se encaixam: órgãos públicos federais, estaduais e municipais, suas autarquias e fundações; partidos políticos e suas fundações; sindicatos de trabalhadores; instituições de educação e de assistência social, desde que sem fins lucrativos; templos de qualquer culto.

Dispensa – Já a categoria Dispensa abrange casos de perda da propriedade ou da posse nas quais ocorre rompimento da relação entre o proprietário e o veículo. No caso da perda de posse, a dispensa perdura durante o período da perda, não sendo permanente de maneira automática. Assim, os casos para dispensa são: furto ou roubo; baixa permanente; leilão do veículo como sucata; desaparecimento ou perecimento do veículo; questionamento da propriedade.

Parcelamento

Desde o último dia 30 de agosto,  proprietários de veículos com pendências no pagamento do IPVA, taxas de licenciamento e multas podem fazer a quitação dos débitos também de forma parcelada em até dez vezes, utilizando, se for o caso, cartão de crédito.

Por Joângelo Custódio do AJN1

 

Category: Economia

Comments are closed.

Educação

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

O Projeto Somos chega, em 2019, ao terceiro ano de sua execução com a conclusão da entrega dos tablets educacionais que servem de acesso à plataforma Synapse, tecnologia social utilizada como base do projeto. Lançado pelo governo de Sergipe em agosto de 2016, o Somos é uma estratégia que visa contribuir para a melhoria da qualidade do […]

| 8 de abril de 2019
Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Novo modelo de ensino será implementado nas escolas do país até 2021 O novo ensino médio terá formação mais voltada para o empreendedorismo, a investigação científica, os processos criativos e a mediação e intervenção sociocultural. Estes são os eixos que vão orientar os chamados itinerários formativos, ou seja, as atividades que os estudantes poderão escolher. […]

| 8 de abril de 2019
Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Neste sábado, 6, o Curso Pré-Universitário da Seduc (Preuni), por intermédio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), inicia a primeira revisão preparatória para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sobre Matemática Básica e Atualidades e Redação. A aula é aberta ao público e acontecerá no auditório da Universidade Mauricio de Nassau (Uninassau), […]

| 5 de abril de 2019

Economia

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (9) que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição. “Daqui a dois anos, o botijão de gás vai […]

| 10 de abril de 2019
Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

A bandeira tarifária em abril de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Abril é um mês de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica projetada para o mês ainda indica a tendência verificada em março, de recuperação do nível dos reservatórios. […]

| 30 de março de 2019
Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Fisco espera 30,5 milhões de formulários neste ano Mais de 7 milhões de contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em três semanas. Até as 17h de hoje (28), a Federal recebeu 7.157.062 declarações, equivalente a 23,46% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou no último dia 7 e […]

| 29 de março de 2019

Concursos

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Nesta segunda-feira (1º), 17 concursos abrem inscrições com o objetivo de contratar mais de 1,1 mil profissionais. As oportunidades são para pessoas de todos os níveis de escolaridade, com postos de trabalho em 9 estados (Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e São Paulo). […]

| 31 de março de 2019
Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) informa que lançou a 12ª lista do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Os convocados deverão se apresentar no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, na avenida Augusto Franco, até às 16h. O candidato que não conseguir por algum motivo se apresentar no horário previsto, determinado pelo calendário, poderá se apresentar […]

| 27 de março de 2019
Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade; os salários chegam a R$ 22.158,82 na Defensoria Pública de Minas Gerais. Pelo menos 13 órgãos públicos abrem as inscrições nesta segunda-feira (25) para cerca de 580 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São João do Caru, no Maranhão, são […]

| 24 de março de 2019
banner ad
banner ad