Febre Amarela: vacinação em massa é realizada apenas em áreas de risco

| 5 de fevereiro de 2018

Nos estados brasileiros que não estão inseridos nessas áreas, a exemplo de Sergipe, são aplicados critérios diferenciados de vacinação, sendo necessária a aplicação da dose somente para viajantes que se destinam a essas áreas

A vacina contra a febre amarela faz parte do calendário básico de vacinação da criança e do adulto em alguns estados brasileiros. O principal transmissor do vírus da doença, em áreas silvestres, é o mosquito do gênero Haemagogus. Na área urbana, o principal transmissor é o do gênero Aedes, ou seja, tanto o Aedes aegypti, quanto o Aedes albopictus.

A aplicação em massa da vacina contra a febre amarela só é realizada junto aos cidadãos que residem em áreas de risco, sendo até mesmo aplicada de forma fracionada. Nos estados brasileiros que não estão inseridos nessas áreas, a exemplo de Sergipe, são aplicados critérios diferenciados de vacinação, sendo necessária a aplicação da dose somente para viajantes que se destinam a essas áreas.

Vacinação

Esse imunobiológico pode ser aplicado em todos os indivíduos com mais de nove meses de vida, especialmente até 10 dias antes de viajar para uma área endêmica, sendo aplicada no braço por um técnico especializado, numa unidade básica de saúde (UBS). Porém, quem já fez uso da vacina pelo menos uma vez não precisa voltar a recebê-la antes de viajar. Nesse caso, o indivíduo já que se encontra protegido para o resto da vida.

“Vale ressaltar que toda criança com idade dos nove meses em diante deve receber dose única da vacina contra a febre amarela”, frisou a gerente do Núcleo de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sândala Teles.

Sândala ainda destaca a importância das orientações específicas sobre a vacina, quando destinada aos idosos. “É necessário que o idoso obtenha do seu médico um parecer sobre a necessidade ou não de vacinação contra a febre amarela. Ao recorrer a uma UBS, esse cidadão deve levar o documento emitido por um profissional da saúde autorizando a vacinação, visto que, em Sergipe, muitos estão enfrentando filas nessas unidades sem a documentação devida”, acrescentou a gerente.

Gestantes não devem fazer uso da vacina contra a febre amarela. Do contrário, somente se houver extrema necessidade. Assim sendo, deve proceder com autorização do médico, que analisará a situação de risco e benefício. Durante a amamentação de bebês com menos de seis meses, a vacina não é indicada, visto que o imunobiológico passa pelo leite. Quando há amamentação feita em bebês com mais de seis meses de vida, a vacinação é feita, porém em caso de epidemia na região ou se for viajar para área de risco. Nesse caso, é preciso cessar a amamentação por 10 dias após o recebimento da vacina.

Contraindicações

A vacina contra a febre amarela não é indicada para pessoas com histórico de alergia à proteína do ovo e indivíduos com imunodepressão de qualquer natureza, ou seja, com diminuição em grau variável da resposta imunológica. Também não é indicada para indivíduos que vivem com HIV, submetidos a transplante de órgãos, com neoplasia, com história pregressa de doenças da glândula timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência do timo ou remoção cirúrgica).

Também não se deve aplicar a vacina em crianças menores de seis meses de idade, aos que possuem alergia à canamicina e eritromicina, pacientes em uso de drogas imunossupressoras ou com infecções. Mesmo não correndo risco de se tornar região endêmica, Sergipe possui 40 municípios receptores da vacina, inclusive localidades que são sede de região, sem possibilidades de fracionamento das doses. Em cidades que possuem menos de 10 mil habitantes está sendo realizada a relação da população que está se deslocando para as zonas de risco, e com base nesse quantitativo, a SES estará enviando a vacina.

Diante desse cenário de monitoramento e abastecimento, Sândala Teles ressalta que não há necessidade de os cidadãos saírem do interior em direção à capital em busca da vacina contra a febre amarela. As doses, por sua vez, estão disponíveis rotineiramente para viajantes, durante todo o ano nas UBS, em todo o estado, portanto, se não há viagem programada para uma dada área endêmica, não há necessidade de ir em busca da dose nesse exato momento. Deve-se obtê-la no momento em que o cidadão for realmente viajar para a região endêmica.

Agência Sergipe de Noticias 

Notícias Relacionadas

Maternidade Nossa Senhora de Lourdes realiza pales... Nesta terça- feira, 16, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará uma palestra co...
Especialista da SES fala sobre alergia infantil à ... Foto: Flávia Pacheco Nos dias atuais é muito comum os bebês apresentarem reação adversa ao consumirem leite de vaca. Isso é um tipo de alergia alime...
SES alerta que quarto caso de sarampo em Sergipe n... Foto: Flávia Pacheco A Secretaria de Estado da Saúde, através da coordenação da Vigilância Epidemiológica, informa que quarto caso de sarampo no est...
Hospital Universitário faz pequeno mutirão para ci... O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), filial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), está realizand...
Tomógrafo do Hospital Regional de Itabaiana já est... O aparelho foi adquirido pelo Governo do Estado (Foto: Flávia Pacheco) Exatidão no diagnóstico, maior resolutividade no tratamento e fim da transfer...

Tags: ,

Category: Saúde

Comments are closed.

Educação

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Educação de Aracaju mostra crescimento no Ideb 2017

Dentre as áreas priorizadas pela administração do prefeito Edvaldo Nogueira, uma delas, em particular, vem recebendo um carinho especial da gestão nestes seus primeiros 21 meses. Trata-se da Educação, tema referido pela quase totalidade dos gestores, mas, de fato, executado por poucos. Frente ao cenário de abandono encontrado, a administração municipal colocou em prática um […]

| 12 de setembro de 2018
Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Avaliação do MEC mostra Sergipe abaixo da média nacional na educação

Os índices do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Educação, revelam que o estado de Sergipe, apesar de apresentar uma pequena progressão em alguns itens entre 2015 e 2017, continua abaixo da média nacional. O sistema avaliou entre 23 de outubro e 3 de novembro de 2017 mais de […]

| 31 de agosto de 2018
Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

Continuam abertas inscrições para cursos técnicos em Aracaju e em Poço Redondo

O Centro Estadual de Educação Profissional José Figueiredo Barreto, em Aracaju, está com as inscrições abertas para os cursos técnicos em Serviços de Condomínio, Serviços de Restaurante e Bar, Redes de Computadores, na forma subsequente (ensino médio concluído). As inscrições vão até o dia 17 de agosto, devendo ser feitas na sede da unidade de […]

| 15 de agosto de 2018

Economia

Preço da gasolina vendida em Sergipe aumenta 5,4%

Preço da gasolina vendida em Sergipe aumenta 5,4%

O preço médio da gasolina vendida em Sergipe no último mês de setembro aumentou 5,4%, quando comparado com o mês de agosto. Em síntese, o preço médio ficou em R$ 4,755 por litro. No comparativo com setembro do ano passado, o preço médio cresceu 22,1%. Com relação ao etanol, o preço médio ficou em R$ […]

| 16 de outubro de 2018
Banco inicia serviço de transações financeiras por WhatsApp

Banco inicia serviço de transações financeiras por WhatsApp

Clientes do Banco do Brasil (BB) agora podem fazer transações financeiras por meio do WhatsApp. Ao todo, 11 tipos de serviços podem ser realizados pelo aplicativo de mensagens. O banco está liberando a novidade para cerca de 500 mil clientes a cada semana, mas a ferramenta estará disponível a todos os correntistas nas próximas semanas. […]

| 11 de outubro de 2018
Conta de energia está mais cara em Sergipe

Conta de energia está mais cara em Sergipe

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária de outubro também será vermelha em patamar 2 e que o valor cobrado nas contas de luz já virá reajustado para R$ 5 a cada 100 kWh de energia consumidos. A bandeira vermelha patamar 2 já vigorou durante os meses de agosto e […]

| 9 de outubro de 2018

Concursos

Estado investe em concursos para reforçar segurança em Sergipe

Estado investe em concursos para reforçar segurança em Sergipe

Desde 2014, o governo do Estado de Sergipe já realizou nove concursos públicos na área de segurança. Foram realizados e já concluídos os concursos da PM/SE 2014, Perícia Criminal e Polícia Civil, nos quais foram convocados 1.985 aprovados, ampliando o efetivo da Secretaria e reforçando a segurança dos sergipanos. Laçados este ano, estão em curso […]

| 16 de outubro de 2018
Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

Alese retifica resultado final do concurso realizado em abril

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) retificou e considerou como resultado final, a relação dos candidatos habilitados, referente ao edital nº 07/2018 para o I Concurso Público visando o provimento de cargos efetivos do quadro de pessoal da Alese. O concurso foi publicado no Diário Oficial do Estado, edição nº […]

| 10 de setembro de 2018
Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Justiça mantém TAF nesse fim de semana para classificados no concurso da PM/SE

Por decisão judicial os classificados para a segunda fase do concurso de soldado da Polícia Militar de Sergipe realizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), vão fazer normalmente o Teste de Aptidão Física (TAF) marcado para os dias 02, 03 e 04 de setembro pelo Instituto Brasileiro de […]

| 31 de agosto de 2018
banner ad
banner ad