DETRAN

Fachin vota por afastamento de parlamentar sem aval do Congresso

| 11 de outubro de 2017

Brasília – O ministro Luiz Edson Fachin durante sessão plenária extraordinária no STF. Esta é a última sessão antes das férias forenses dos ministros (José Cruz/Agência Brasil)

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou hoje (11) a favor de que a Corte possa impor, nos casos em que julgar necessário, medidas cautelares alternativas à prisão contra parlamentares, entre elas o afastamento das funções públicas. Ele é o relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) sobre o tema que está sendo julgado em plenário.

Fachin, que também é o relator das ações da Operação Lava Jato, entendeu que a imunidade parlamentar deve ser interpretada de forma restrita, à luz de outros princípios republicanos fundamentais que considerou mais fortes, como a vedação de se conferir privilégios ou de se impor tratamento discriminatório a qualquer cidadão, bem como o dever de responsabilização de agentes públicos por seus atos.

“A jurisprudência deste Supremo Tribunal Federal tem tradicional e repetidamente assentado que as hipóteses previstas na Constituição que impeçam a responsabilização de agentes políticos e membros de poder devem ser interpretadas em seus estritos limites, não se permitindo alargamentos via interpretação extensiva”, disse o ministro.

Fachin disse que a Constituição prevê revisão por parte da Câmara e do Senado somente nos casos de prisão em flagrante por crime inafiançável “e apenas isso”.

“Estender essa competência para permitir a revisão, por parte do Poder Legislativo, das decisões jurisdicionais sobre medidas cautelares penais significa ampliar a imunidade para além dos limites da própria normatividade enredada pela Constituição. É uma ofensa ao postulado republicano e é uma ofensa à independência do Poder Judiciário”, afirmou Fachin.

O julgamento foi suspenso pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, e deve ser retomado à tarde.

Argumentos contrários

Antes do voto de Fachin, em sustentação oral no plenário, o ex-procurador-geral da República e advogado do Partido Progressista (PP), Aristides Junqueira, defendeu que a única possibilidade de aplicação, contra parlamentares, das medidas cautelares alternativas à prisão previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal seria quando o congressista fosse flagrado praticando crime inafiançável.

“Não existindo prisão em flagrante e nem havendo a possibilidade de substitui-la a uma prisão cautelar, não é possível a aplicação do artigo 319 [do CPP]”, argumentou Junqueira, que atuou no caso como advogado do PP, um dos partidos que propôs a abertura da ação.

O argumento também foi utilizado pela advogada-geral da União, Grace Mendonça, em parecer enviado ao STF. “Ora, se em desfavor do parlamentar não pode ser decretada prisão preventiva, por certo também que não cabe a fixação de medida cautelar diversa”, diz o texto da AGU.

As advocacias do Senado e da Câmara também utilizaram o mesmo argumento, posteriormente rejeitado por Fachin. O ministro considerou que as medidas previstas no artigo 319 do CPP podem ser consideradas mesmo em outros tipos de situações onde caberia a prisão preventiva, mesmo que não se trate de flagrante em crime inafiançável.

Entenda o caso

A ADI foi proposta pelos partidos PP, PSC e Solidariedade, após o STF ter afastado o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do exercício de seu mandato, no ano passado. Na ação, as legendas defendem que qualquer medida cautelar imposta contra parlamentar deve ser submetida ao aval da Câmara ou do Senado em 24 horas.

A ação teve seu julgamento marcado pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, para esta semana, após a Primeira Turma da Corte ter decidido, por 3 votos a 2, no final de setembro, afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado pela PGR de corrupção passiva, das atividades legislativas.

O tema provocou desconforto entre os poderes, após o Senado ter ameaçado rever a decisão da Primeira Turma, o que acelerou sua apreciação pelo plenário do STF.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Temer anuncia criação do Ministério Extraordinário... Após reunião realizada neste sábado (17) no Palácio Guanabara, sede do governo do estado do Rio de Janeiro, para tratar da intervenção militar no esta...
Para interventor, há ‘muita mídia’ na crise de seg... O Comandante Militar do Leste, General Braga Netto, durante entrevista coletiva sobre o decreto de intervenção no Estado do Rio de Janeiro - 16/02/20...
Decreto de intervenção chega à Câmara e deve ser a... Presidente Michel Temer assina o decreto de intervenção federal no estado do Rio de Janeiro, ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do gove...
Temer assina decreto de intervenção das Forças Arm... Brasília - O presidente Michel Temer participa do lançamento do Documento Nacional de Identificação (digital e biométrico), no Palácio do Planalto. (...
Cármen Lúcia mantém suspensão da posse de Cristian... Cristiane Brasil (Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados) A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, confirmou nesta quart...

Category: Brasil

Comments are closed.

Educação

Prazo para inscrição do ProUni finaliza nesta sexta-feira, 9

Prazo para inscrição do ProUni finaliza nesta sexta-feira, 9

Os estudantes interessados em obter uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até as 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira, 9, para fazer sua inscrição na página do programa na internet. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos […]

| 9 de fevereiro de 2018
Seed certifica alunos aprovados no Encceja

Seed certifica alunos aprovados no Encceja

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Departamento de Educação (Ded), através do Serviço de Educação de Jovens e Adultos/ Divisão de Exame Supletivos (Seja/Diex), realiza a certificação dos alunos aprovados no Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos (Encceja). O coordenador do Diex, Edson Aragão, informou que o resultado do […]

| 7 de fevereiro de 2018
Secretária da Educação participa de reunião sobre a Base Nacional Comum Curricular em Brasília

Secretária da Educação participa de reunião sobre a Base Nacional Comum Curricular em Brasília

Representando o prefeito Edvaldo Nogueira, a secretaria municipal da Educação, Maria Cecília Leite Tavares, participa durante toda esta terça-feira, 6, em Brasília, da reunião extraordinária do conselho nacional de representantes da Educação. A reunião está acontecendo no Ministério da Educação (MEC) e conta com representantes da Educação de todos os municípios brasileiros. O objetivo da […]

| 6 de fevereiro de 2018

Economia

Bancos reabrem ao meio-dia desta quarta, 14

Bancos reabrem ao meio-dia desta quarta, 14

Após o feriado de carnaval, os bancos reabrem hoje (14) a partir das 12h. As contas de consumo – como de água, energia, telefone e carnês – que venceram no dia 12 ou 13 poderão ser pagas sem acréscimo nesta Quarta-Feira de Cinzas, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Normalmente, os tributos […]

| 14 de fevereiro de 2018
Bancos só reabrem após o meio-dia da quarta

Bancos só reabrem após o meio-dia da quarta

As agências bancárias estarão fechadas para atendimento ao público na próxima segunda-feira (12) e na terça-feira (13). Na Quarta-feira de Cinzas (14), os bancos abrirão ao meio-dia. A Federeção Brasileira de Bancos (Febraban) informou que a população pode utilizar os canais eletrônicos e correspondentes para o pagamento das contas. Além disso, os tributos que possuem […]

| 9 de fevereiro de 2018
Gasolina tem preço reduzido a partir de hoje

Gasolina tem preço reduzido a partir de hoje

Em meio à discussão sobre a formação do preço dos combustíveis nos postos país afora, a Petrobras anunciou nesta quinta-feira (8) a maior redução dos valores da gasolina e do diesel combustível de 2018. A partir de hoje (9), os novos preços estarão 3% (gasolina) e 2,6% (diesel) mais baratos nas refinarias. O ministro da […]

| 9 de fevereiro de 2018

Concursos

Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas

Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas

Os concursos são para todos os níveis de escolaridade, em 11 estados. Pelo menos 16 órgãos públicos abrem inscrições nesta segunda-feira (22) para preencher 2,4 mil vagas de trabalho mais cadastro de reserva. Os concursos são para todos os níveis de escolaridade, em 11 estados. Os salários chegam a R$ 14.460,19 na Prefeitura de Schroeder […]

| 21 de janeiro de 2018
Pelo menos 155 órgãos estão com inscrições abertas para mais de 27,7 mil vagas

Pelo menos 155 órgãos estão com inscrições abertas para mais de 27,7 mil vagas

As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade, com vagas em diversos estados pelo país. elo menos 155 órgãos públicos estão com inscrições abertas com o objetivo de preencher mais de 27,7 mil vagas. As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade, com vagas em diversos estados pelo país. VEJA AQUI A LISTA […]

| 15 de janeiro de 2018
Governo publica edital para concursos da PM, Bombeiros, Guarda Prisional e delegado

Governo publica edital para concursos da PM, Bombeiros, Guarda Prisional e delegado

Serão 10 vagas para delegado, 100 vagas para guarda prisional, 30 vagas para aspirante da Polícia Militar, 300 vagas para soldado da PM, 12 vagas para aspirante do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSE) e 200 vagas para soldado do CBMSE Será publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, 29, o edital de autorização governamental […]

| 28 de dezembro de 2017
banner ad
banner ad