Edvaldo: Conceder reajuste para uma só categoria não seria justo

| 18 de outubro de 2018

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

O prefeito Edvaldo Nogueira voltou a se posicionar sobre a greve dos médicos da rede municipal, deflagrada há mais de três meses. Em vídeo publicado nas redes sociais, nesta quinta-feira, 18, o gestor detalhou os motivos que impedem a administração municipal de conceder o reajuste solicitado pela categoria.

Segundo ele, a Prefeitura de Aracaju não pode atender ao pedido, no momento, para não comprometer a estabilidade financeira do município. “Você acha que se a gente pudesse pagar eu não teria concedido aumento aos servidores? Claro que teria. Mas, infelizmente, a Prefeitura não tem como honrar. Herdamos uma dívida de R$ 540 milhões e pagamos R$ 430 milhões. Mas ainda vamos virar o ano devendo R$ 110 milhões. Por tanto, se a gente conceder aumento salarial, nossas finanças se desequilibram”, explicou Edvaldo.

Na publicação, o gestor relembrou que, nos últimos 22 meses, a administração municipal já investiu R$ 1,85 bilhão no pagamento de 24 folhas salariais e enfatizou que o foco principal da Prefeitura é continuar honrando o pagamento dos servidores em dia. “Eu tenho a felicidade de dizer que, desde o primeiro dia do meu mandato, com um esforço gigantesco, estou pagando o salário do servidor em dia. Aliás, pagamos todos os salários e mais dois que tinham ficado atrasados da gestão passada, gestão esta que, inclusive, não conseguiu pagar o mês de dezembro de 2016 e o décimo terceiro porque concedeu um reajuste que não podia dar”, ponderou o prefeito.

Edvaldo destacou, também, que além de honrar com o pagamento do salário em dia, a atual administração tem se dedicado a devolver aos servidores os direitos que não foram assegurados durante os quatro anos que antecederam sua gestão. “Estamos fazendo agora o que não fizeram no passado. Todos os direitos estão sendo reconhecidos. Encontramos 5 mil processos engavetados na Prefeitura e estamos incorporando aos ganhos dos servidores. Hoje, sei que a maioria dos servidores está feliz com a Prefeitura de Aracaju porque está vendo os nossos esforços”, avaliou.

Edvaldo reconheceu a greve dos médicos como legítima, mas ressaltou que seria injusto a administração municipal atender ao pleito, apenas, desta categoria, em detrimento das demais. “Se eu conceder o reajuste aos médicos terei que atender ao pedido de todos os funcionários da Prefeitura de Aracaju. Não posso atender a uma categoria e não atender a outra. E, se for dado o reajuste a todos, não pagaremos os salários em dia. Os servidores já compreenderam a situação. É tanto que  hoje 70% dos médicos da Atenção Básica estão trabalhando”, afirmou.

Diálogo

Desde que a greve dos médicos foi iniciada, a Prefeitura de Aracaju vem mantendo o diálogo com a categoria, reforçando o respeito institucional pela entidade sindical. O último encontro ocorreu no final de setembro e foi conduzido por uma comissão, composta pela secretária da Saúde, Waneska Barboza, pelo secretário Governo, Renato Telles, e pelo secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão, Augusto Fábio Oliveira.  Durante a reunião, foi demonstrado aos representantes do Sindicato dos Médicos (Sindimed), mais uma vez, que a atual situação financeira do município não permite à gestão municipal conceder reajuste a nenhuma categoria funcional do município.

“Nós já os recebemos várias enquanto comissão de negociação, delegada pelo prefeito. Infelizmente, o que satisfaz a categoria é a concessão de reajuste, porém, como nós apresentamos em relatório financeiro do quadrimestre, o município não tem condição financeira de conceder esse aumento a nenhuma categoria, portanto não se trata de uma questão apenas relacionada ao Sindicato dos Médicos, mas todas as categorias. Conceder o reajuste traria um impacto que não podemos arcar, ocasionando em atrasos no pagamento”, ressaltou a secretária municipal da Saúde, Waneska Barbosa, à época.

por Valter Lima

Category: Política

Comments are closed.

Educação

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

Projeto Somos chega ao terceiro ano com entrega de tablets em escolas do Baixo São Francisco

O Projeto Somos chega, em 2019, ao terceiro ano de sua execução com a conclusão da entrega dos tablets educacionais que servem de acesso à plataforma Synapse, tecnologia social utilizada como base do projeto. Lançado pelo governo de Sergipe em agosto de 2016, o Somos é uma estratégia que visa contribuir para a melhoria da qualidade do […]

| 8 de abril de 2019
Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Empreendedorismo e investigação científica farão parte do ensino médio

Novo modelo de ensino será implementado nas escolas do país até 2021 O novo ensino médio terá formação mais voltada para o empreendedorismo, a investigação científica, os processos criativos e a mediação e intervenção sociocultural. Estes são os eixos que vão orientar os chamados itinerários formativos, ou seja, as atividades que os estudantes poderão escolher. […]

| 8 de abril de 2019
Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Enem 2019: Pré-Universitário da Seduc inicia revisões preparatórias neste sábado, 6

Neste sábado, 6, o Curso Pré-Universitário da Seduc (Preuni), por intermédio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase/Seduc), inicia a primeira revisão preparatória para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) sobre Matemática Básica e Atualidades e Redação. A aula é aberta ao público e acontecerá no auditório da Universidade Mauricio de Nassau (Uninassau), […]

| 5 de abril de 2019

Economia

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

Governo Federal quer reduzir pela metade o preço do gás de cozinha

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (9) que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição. “Daqui a dois anos, o botijão de gás vai […]

| 10 de abril de 2019
Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

Conta de luz não terá custo extra em abril para os consumidores

A bandeira tarifária em abril de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Abril é um mês de transição entre as estações úmida e seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica projetada para o mês ainda indica a tendência verificada em março, de recuperação do nível dos reservatórios. […]

| 30 de março de 2019
Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Receita recebe mais de 7 milhões de declarações do IR em três semanas

Fisco espera 30,5 milhões de formulários neste ano Mais de 7 milhões de contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em três semanas. Até as 17h de hoje (28), a Federal recebeu 7.157.062 declarações, equivalente a 23,46% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou no último dia 7 e […]

| 29 de março de 2019

Concursos

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Concursos: 17 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher mais de 1,1 mil vagas

Nesta segunda-feira (1º), 17 concursos abrem inscrições com o objetivo de contratar mais de 1,1 mil profissionais. As oportunidades são para pessoas de todos os níveis de escolaridade, com postos de trabalho em 9 estados (Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e São Paulo). […]

| 31 de março de 2019
Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

Fundação Hospitalar lança 12ª lista de convocação para PSS da Saúde

A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) informa que lançou a 12ª lista do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Os convocados deverão se apresentar no Centro Administrativo da Saúde Senador Gilvan Rocha, na avenida Augusto Franco, até às 16h. O candidato que não conseguir por algum motivo se apresentar no horário previsto, determinado pelo calendário, poderá se apresentar […]

| 27 de março de 2019
Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Concursos: 13 órgãos abrem as inscrições nesta segunda para quase 600 vagas

Cargos são de todos os níveis de escolaridade; os salários chegam a R$ 22.158,82 na Defensoria Pública de Minas Gerais. Pelo menos 13 órgãos públicos abrem as inscrições nesta segunda-feira (25) para cerca de 580 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São João do Caru, no Maranhão, são […]

| 24 de março de 2019
banner ad
banner ad