banner ad

Deputados voltam a discutir propostas da reforma política

| 12 de setembro de 2017

Brasília – Deputado Carlos Manato preside sessão deliberativa extraordinária no Plenário da Câmara dos Deputados (Valter Campanato/Agência Brasil)

A Câmara dos Deputados tenta hoje (12) concluir ou avançar a discussão em torno das propostas de reforma política que tramitam na casa.

Para esta terça-feira (12), foram convocadas duas sessões deliberativas. A primeira tem como item único a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que trata de mudanças no sistema político-eleitoral e da criação de um fundo público para financiar as campanhas.

Na sessão seguinte, está prevista a conclusão da votação da PEC 282/2016, que prevê o fim das coligações partidárias a partir do ano que vem, e a adoção de uma cláusula de barreira para que os partidos tenham acesso aos recursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda no rádio e na televisão.

O texto-base dessa proposta já foi aprovado pelos deputados, que deixaram para hoje a apreciação dos destaques ou sugestões de mudanças. Por meio de um acordo, os parlamentares decidiram votar os destaques feitos à PEC 282/16 somente após a votação da PEC 77/03, pela qual o país adotaria o sistema majoritário, conhecido como distritão, para as eleições de deputados e vereadores em 2018 e 2020, antes da instalação do voto distrital misto para as eleições proporcionais a partir de 2022.

Para que sejam válidas nas eleições do ano que vem, as alterações na legislação eleitoral devem ser aprovadas pela Câmara e pelo Senado até o início de outubro. Apesar do prazo curto, a discussão em torno da reforma política já vem se arrastando há meses sem encontrar consenso entre as lideranças partidárias e maioria de votos entre as principais bancadas.

O andamento da discussão pode ainda ser alterado pela possível chegada de uma segunda denúncia contra Michel Temer, feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que está em sua última semana no comando da instituição.

De acordo com a Constituição Federal, cabe aos deputados analisar se devem ou não autorizar o prosseguimento de uma acusação contra o presidente da República perante a Justiça. Em agosto, os parlamentares rejeitaram a primeira denúncia por corrupção passiva, enviada por Janot contra Temer.

Comissões

Uma terceira proposta com mudanças na legislação eleitoral deve voltar a ser discutida na comissão especial da reforma política, que tem reunião prevista para hoje à tarde. O colegiado pode votar o parecer do deputado Vicente Cândido (PT-SP), que propõe a adoção de algumas normas para regulamentar a distribuição dos recursos do fundo de financiamento entre os partidos e as regras para a doação de pessoas físicas.

No PL, há a previsão de limites para a doação de pessoas físicas e a criação da habilitação prévia das candidaturas, que antecipa em oito meses o processo de registro para dar mais tempo de a Justiça Eleitoral julgar antes das datas do pleito. O projeto em discussão também prevê a possibilidade de propaganda eleitoral na internet e por telemarketing, com regras específicas para cada situação.

Nessa comissão, já foram aprovados dois relatórios parciais que estão aguardando a conclusão da análise do projeto final para seguir em bloco ao plenário. O primeiro relatório propõe a regulamentação e ampliação dos mecanismos de democracia direta, como referendos, plebiscitos e a apresentação de projetos de iniciativa popular. O segundo uniformiza em quatro meses os prazos de desincompatibilização ou afastamento de candidatos de diferentes cargos ou funções públicas.

Na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), os deputados podem votar um projeto de decreto legislativo que permite convocar plebiscito para consultar a população sobre o interesse em manter o voto obrigatório ou adotar o voto facultativo no país. O relator da matéria é o deputado Sérgio Zveiter (PODE-RJ), que já emitiu parecer favorável à proposta.

Outras pautas

Paralelamente à pauta política, alguns projetos polêmicos de caráter ambiental e social também podem mobilizar os deputados esta semana. A Comissão de Finanças e Tributos pode votar amanhã (13) o parecer favorável ao projeto que cria a Lei Geral de Licenciamento Ambiental.

No parecer em discussão, o relator Mauro Pereira (PMDB-RS) argumenta que a ausência de uma lei federal “vem provocando diversos questionamentos quanto à constitucionalidade e à legalidade das regras ora em vigor”. Atualmente, o licenciamento ambiental é regido pela Constituição Federal, com diferentes normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e resoluções dos estados e municípios.

A proposta do relator prevê prazos mais dilatados para as licenças e estabelece condições especiais de licenciamento para empreendimentos considerados “estratégicos”, entre outras mudanças. O projeto tem sido criticado por organizações de proteção ambiental, que argumentam que se ele for aprovado poderá haver flexibilização das normas com risco para as áreas preservadas.

Também nesta quarta, os deputados analisam em uma comissão especial o parecer da PEC 181/2015, que pretende ampliar o tempo de licença-maternidade para mães de bebês prematuros. Apesar de a PEC ter recebido apoio entre os deputados, a matéria pode ter dificuldades em sua tramitação.

No projeto substitutivo, o relator Jorge Tadeu Mudalen (DEM -SP) deu parecer favorável à extensão da licença-maternidade, mas acrescentou uma mudança polêmica a um artigo constitucional. Pelo texto dele, os direitos constitucionais da dignidade da pessoa humana, da inviolabilidade da vida e igualdade de todos perante a lei devem ser considerados “desde a concepção” no ventre materno.

A expressão reforça a proibição ao aborto no país, assunto que tem sido debatido em outras frentes do Poder Legislativo, e pelo Judiciário, no sentido da descriminalização. Para os defensores da extensão da licença-maternidade, o envolvimento da questão do aborto na PEC pode atrasar ou até inviabilizar a aprovação da proposta.

Da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

MPF quer bloqueio de R$ 24 milhões em bens de Lula... Foto: Reprodução/Jornal Opção O Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal pediu à Justiça o bloqueio de bens do ex-presidente Luiz Inácio...
Profissionais offshore contam desafio de trabalhar... Plataforma FPSO Cidade de Itaguaí é um navio petroleiro adaptado - Foto André Motta/Petrobras Em uma plataforma que retira 150 mil barris de petróle...
MPF pede prisão preventiva de cúpula da Assembleia... O Ministério Público Federal (MPF) deflagrou hoje (14), no Rio de Janeiro, a operação Cadeia Velha, fruto de uma ação conjunta com a Polícia Federal...
Senado aprova MP que muda regras do Fies; texto se... Brasília - Plenário do Senado aprovou a PEC 14/2016, que cria as polícias penitenciárias federais, estaduais e distrital (Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag...
Medidas provisórias dominam pauta da Câmara para e... Câmara deve promover hoje sessão deliberativa porque há sete medidas provisórias aguardando votação Arquivo/Agência Brasil A pauta do plenário da Câ...

Tags: ,

Category: Brasil

Comments are closed.

Educação

Gabarito oficial do Enem 2017 é divulgado

Gabarito oficial do Enem 2017 é divulgado

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou há pouco o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Com o gabarito, os candidatos podem saber quantas questões acertaram. Correção das provas A correção das provas é feita usando a metodologia […]

| 14 de novembro de 2017
Secretaria da Educação capacita professores para o projeto Aula Digital

Secretaria da Educação capacita professores para o projeto Aula Digital

Durante toda esta segunda-feira, 13, os professores da rede municipal da Educação participaram de mais uma capacitação do projeto “Aula Digital”. O objetivo dos estudos de hoje foi demonstrar o papel do professor na implantação do projeto. Atualmente 15 escolas da rede estão recebendo as capacitações. De acordo com a coordenadora de Ensino Fundamental da […]

| 14 de novembro de 2017
Governo promove acolhimento aos alunos que prestaram o Enem no 2º dia de prova

Governo promove acolhimento aos alunos que prestaram o Enem no 2º dia de prova

O último domingo, 12, foi um dia decisivo para milhares de jovens e adultos que fizeram as provas no segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio. Segundo dados do Inep, em Sergipe, 93.285 mil inscritos estavam aptos a participar da segunda etapa do Enem, cujas provas foram de Matemática e Ciências da Natureza. Desse […]

| 13 de novembro de 2017

Economia

Petrobras reduz gasolina em 3,8%, maior queda desde julho

Petrobras reduz gasolina em 3,8%, maior queda desde julho

A Petrobras reduzirá em 3,8% os preços da gasolina a partir desta sexta-feira nas refinarias, na maior queda em um único dia desde o início de julho, quando a empresa começou a ajustar os valores dos produtos vendidos às distribuidoras quase que diariamente. O diesel, por sua vez, será reduzido em 1,3%. A redução no preço da Petrobras ocorre […]

| 17 de novembro de 2017
Moradia popular puxa recuperação do mercado imobiliário

Moradia popular puxa recuperação do mercado imobiliário

As vendas de imóveis novos do Minha Casa, Minha Vida até agosto somaram 41,7 mil unidades, alta de 23,6% em relação ao mesmo período de 2016 As empresas de construção que desenvolvem moradias populares, enquadradas no Minha Casa, Minha Vida, têm puxado a recuperação do mercado imobiliário. Direcional, MRV e Tenda responderam por dois terços dos lançamentos e das vendas do […]

| 17 de novembro de 2017
Começa hoje a segunda etapa de pagamento do PIS-Pasep a idosos

Começa hoje a segunda etapa de pagamento do PIS-Pasep a idosos

Os aposentados com valores nas contas do PIS-Pasep na Caixa e no Banco do Brasil (BB) podem sacar a partir de hoje (17). É a segunda etapa do calendário de pagamento, divulgado em setembro por esses bancos. Na última terça-feira (14),  417 mil aposentados, correntistas do BB e da Caixa, foram beneficiados com o crédito […]

| 17 de novembro de 2017

Concursos

14 órgãos abrem inscrições para mais de 600 vagas nesta segunda, 13

14 órgãos abrem inscrições para mais de 600 vagas nesta segunda, 13

Cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 14.030,14. Pelo menos 14 órgãos abrem as inscrições nesta segunda-feira (13) para 660 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 14.030,14. Veja abaixo mais detalhes das seleções: Câmara de Clevelândia […]

| 13 de novembro de 2017
Concursos: 9 órgãos abrem inscrições para ao menos 1.073 vagas nesta segunda, 6

Concursos: 9 órgãos abrem inscrições para ao menos 1.073 vagas nesta segunda, 6

Pelo menos 9 órgãos abrem inscrições, nesta segunda-feira (6), para preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários chegam a R$ 14.349,48 na Prefeitura de Corupá (SC). Maioria das vagas é da Prefeitura de Ipixuna do Pará (440 vagas). Nos concursos para formação de […]

| 5 de novembro de 2017
Conselho Regional de Farmácia de São Paulo abre concurso para 732 vagas

Conselho Regional de Farmácia de São Paulo abre concurso para 732 vagas

Cargos são de níveis médio e superior. Os salários vão de R$ 1,8 mil a 7,1 mil. Conselho Regional de Farmácia de São Paulo abriu concurso público para 732 vagas em cargos de níveis médio e superior. São 2 vagas imediatas e 730 para formação de cadastro de reserva. Os salários vão de R$ 1.893,25 […]

| 15 de outubro de 2017
banner ad
banner ad